Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Olha a novidade...! pffff...!!! ^.^

   Realmente há coincidências daquelas à filme. Então não vai uma moçoila a chegar a um sítio, toda airosa e a esbanjar o seu charme, e começa a tocar a música "Pretty Woman" na rádio?... Ah pois é... Também queriam não era? Não é para quem quer, é para quem pode! {#emotions_dlg.clown}

Mas porque será? Será do guaraná??? ^.^

    Não há nada como se estar atrasado, e parecer que o mundo à nossa volta tudo faz para nos relembrar que deviamos ter retirado as barbatanas mais cedo da cama. E porque digo isto, ora tenho múltiplos exemplos vividos, experimentados em primeira mão, e os quais agradecia que não acontecessem com a frequencia que efectivamente ateimam em acontecer: Desde termos de ir atrás de um camião, que por sua vez vai atrás de um autocarro, que por sua vez vai atrás de um papa-reformas - e olhem que não estou a gozar, isto já me aconteceu logo pela matina, estava aqui a miss Peixa atrasadíssima para ir trabalhar - ainda por cima numa zona onde não é possivel fazer ultrapassagens...! Imaginem a fila e a quantidade de malta a espumar e a carregar as caçadeiras, atrás desta malta ultra veloz arraçada de caracol manco...! Adoro quando todos os raios dos sinais fecham para vermelho, toda a santa capelinha, sempre que vamos a passar...! - Eu passo no mínimo por uns três a quatro, olhem bem o tempo que eu perco de vida a parar em todos! Não há condições...! E muitas das vezes nem vai ninguém a passar, é que são precisamente daqueles sinais de velocidade, em que fecham e temos de ficar ali a secar como se tivesse sido um peão a caregar no botão - tão lindo até rimooou...!!! - E amo... quando os tipos do lixo se lembram de ir esvaziar os caixotes do lixo, precisamente na altura em que estou a sair de casa e tenho de aguardar que os meninos tirem o pequenissimo camião, que só por acaso - só por acaso - até está a ocupar toda a rua. Bem, toda não, possas, senão estariamos assim a falar do titanic dos camiões, mas ocupa precisamente uma zona da rua onde nem uma mosca têm o direito de passar sem se sentir claustrofóbica, no mínimo.
   Mas aqui há dias, aconteceu-me uma que ainda não tinha vivenciado de uma maneira tão profunda... Para não variar, estava atrasada, e tive de parar na passadeira para um senhor velhote, curvadito coitado, enrugado tal ameixa sequérrima - esta foi à tiá, eu sei, apeteceu-me - assim agarrado à bengalita como se a sua vida dependesse dela, passasse. Oh pá, eu até sou assim uma jóia de moça - ó pr'a ela, até ofusca de tão reluzente - mas eu já estava a ficar com tiques nervosos, tal era a velocidade do senhor a atravessar a passadeira. Foi altamente agonizante, mas tão agonizante, que por momentos até me apeteceu sair do carro e dar um empurrãozito ao senhor...! Já estava era a ver que quando ele acabasse de passar a passadeira EU é que já estava velha e caquética. Foi... mágico...! Um verdadeiro momento "Vangelis". Era o senhor a passar a alta velocidade alucinante na passadeira, e eu a ouvir na cabeça "Ta-na-na-na-na-naaaaaaammmm Tana-na-na-naaaammm...!!!" - Alto e pára o baile! Possas com esta fantabulosa interpretação, e vocês nem sequer adivinham que música é...! tsc tsc Como sou uma peixa assim porreiraça, abaixo está o video. Desfrutem. Agora cuidado, se estão no local de trabalho, não adormeçam, olhem lá as figurinhas...! :D
 
    Por isso é que eu sou altamente a favor, que as passadeiras normais sejam acompanhadas por um género de tapete rolante! Assim o senhor não se cansava, não gastava a bengala, as pessoas que estão à espera não precisavam de ir gastar uns cobres no cabeleireiro para disfarçarem os cabelos brancos derivados da espera, não provocava suícidios em massa, avc's, não despoletava a raiva mais recalcada até ao Tweety, e não se habilitava a ser passado a ferro mais a sua bengalita...! Sou só eu que vejo as vantagens?...

Pessoal altamente genial...!

   É dada a função a uma determinada criatura, assim muito especial de corrida, que é a de elaborar uma memória descritiva e juntar a dita ao orçamento (feito por outro colega) de um trabalho requisitado. Obviamente, depois de concluída a tarefa, terá de enviar os ditos documentos ao cliente, como resposta ao seu pedido. Dois dias depois, pergunta-lhe o seu superior hierárquico:

   - Então rapariga, chegaste a enviar os documentos que te pedi para fazeres? É que o cliente está-se a queixar que ainda não os recepcionou.

   - Ah chefe... Eu não enviei porque achei que o valor do orçamento era muito alto.

   - ...

 

   E pronto... apanha-se com cada um, que uma pessoa até fica a andar de lado.

É por estas e por outras, que qualquer dia levo nas lonas...! ^.^

No outro dia passei por um carro de uma rádio nacional, mais especificamente a Rádio Comercial, e sabem que me deu vontade de fazer? Abrir a janelinha do carro (eu ia a pendura) e gritar:

- Eiiii...!!! Ó tuuu aí!!! Rádio Comercial?? Eu vou a ouvir a M80!!!! Nhé nhé nhéééé!!!!

 

E pronto... De que estavam à espera?? Já sabem quanto a casa gasta...!

Novo método de tortura chinesa ou portuguesa, sei lá...!

    Existir um microondas no departamento, e um colega fora do departamento - devia era cingir-se ao seu espacinho em serapins da serra, diga-se de passagem - vem aquecer a sua marmitazita meia hora antes do almoço do resto da malta, e fica um snif desgraçado no gabinete, e o resto do pessoal cheio de fomeca a gramar com aquilo...!

    É que nem oferece...! Não há direito...! Qualquer dia... é dia santo!

Esta foi a combinar com o dia

Uma praia boa, é o Tramariz...!

 

Obs.: Para quem não conhece, a praia chama-se Tamariz, e fica na costa de Cascais.

Vou arder no Inferno...! (2)

 

Por ter ensinado ao meu sobrinho, quando ele era um petiz, que o leite de morango vinha das vacas cor-de-rosa, que o leite de banana das vacas amarelas, que o leite branco das vacas (evidentemente) brancas, e que o leite com chocolate... das vacas malhadas...!

Ah....! E que quando fui de viagem que passei por cima dos Alpes... que vi a vaca da Milka!!!

Vou arder no Inferno...!

Tenho uma tartaruga que é simplesmente fanática por cenoura! - Tão modesta coitada... ao menos não é por lagosta e isso assim, sim, porque já basta meia volta eu andar a dar camarões secos às meninas olha o catano, as finórias...! Bem dizendo, para ela tudo o que seja laranja e eu lhe vá oferecer é igual a cenoura. Já estão a imaginar... Quando descobri isto, passei a vida a judiar com a tartaruga. Dei-me ao luxo de encostar um livro ao terraquário (cuja capa é 100% vários tons de laranja) a fingir que lho ia dar a comer, e ela coitada... pronto à espera de fincar o dente no livro. Logo por azar, as paredes da minha sala são em laranja. Já imaginam a fixação que ela têm, em tentar fugir do terraquário a ver se morde a parede, não estão a ver?

Que querem... Eu sei eu sei, coitada da bicha, mas então... Não consegui resistir. Já sei já sei, vou arder no inferno!!! :D

É a marca d'água ecológica...!

Uma das coisas mais estranhas que uma vez me aconteceu, foi tirar umas fotocópias na impressora do meu trabalho, e começar a ver que aparecia um vulto nas ditas folhas que saiam da fotocopiadora. Descobriu-se que uma porra de uma ósga se meteu dentro da fotocopiadora - deve ter sido porque pensou que a fotocopiadora era uma daquelas máquinas de solário - e que pronto... lá ficou!

E para tirar de lá a ósga...? Ah pois é... Ninguém tirou...! Continuaram-se a tirar a fotocópias normalmente durante meses... o vulto da ósga lá se mantinha! Até um dia, que lá os ossinhos da bicha ficaram tão tostados, que deixaram de aparecer - ou a ósga que achou que já tinha o bronzeado ideal, sabe-se lá!

Realmente, tsc tsc... Há pessoas... Nem sequer se dignarama  fazer um funeral digno da bicharoca pá, incrível!

Qualquer dia tenho de começar a usar peruca...!

Se há coisa que me irrita, e está na minha lista de coisas que embirro solenemente, são as impressoras, aquelas coisas malévolas que adoram sabotar, arrancar e fazer cabelos brancos na malta dos escritórios. E porquê? Ora vejam bem se isto não é embirração das bichas: Mandamos imprimir... A impressão nunca mais aparece... Começamos a pensar que algum colega levou a nossa folha por engano, como tantas vezes acontece. Eis que se começa a juntar uma multidão de malta em volta da impressora, a queixarem-se e tal que mandaram imprimir e népias de folha. É aí que as nossas suspeitas confirmam-me: há algum problema com a impressora. O ideal era que de facto fosse somente um problema, mas quando as impressoras tiram o dia para nos moerem o juízo... problemas é coisa que não falta. Ou é a porra da folha de papel que encravou algures, abrem-se todas as portas (e inventam-se umas outras) e nada de encontrar a porra da folha "enrolada", ou é falta de tinta no tinteiro preto, mudamos de tinteiro, e agora já não é preto mas é o cyan... Ou porque não têm papel e na altura alguém já tinha colocado uma quantidade massiva de folhas e a impressora a borrifar-se para isso... E quando é da rede? Que ainda por cima toda a gente têm de reiniciar os computadores, porque a dita se lembrou de fazer gazeta?... Ora, se não é do rabo, é das calças! - À pála delas é só ver malta de rabo para o ar a espreitar para dentro dos alimentadores, a meterem as mãos lá dentro, a ficarem todos mascarrados com a tinta, tudo na vã esperança de ver o que aconteceu... lá acabam por fechar as portas et voilá... nada fizeram e ficaram na mesma, mas que lá a impressora recomeçou a  funcionar, lá isso recomeçou - Bonito de ver, é quando elas se lembram de acender aquelas luzinhas fantásticas e ninguém sabe decifrar que quer dizer o raio do pictograma, que mais parece um hieróglifo egípcio!

Sinceramente, as impressoras são uns bichos-do-mato. Eu era bem mais feliz se uma coisa dessas não existisse lá no escritório, mas então... há às carradas delas... em todos os cantos... todas as salas... medooooo tenham muito medooooo!!

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Douradinhos frios

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D