Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Este vêm um bocado para o atrasado, mas prontos pá...!

 Lá pelo aquário mor, debateu-se um pouco a questão da sexta-feira santa. Ora, porque uns são crentes, outros descrentes, outros assim assim e outros como eu: não me aquece nem arrefece. A verdade é que a mãe Peixa já estava a ficar incomodada com a questão que estávamos a debater, que era a de se alguém tinha algum problema em comer peixe na dita sexta-feira santa ou se, por hábito, até comiam carne e não ligavam peva à situação.

  Eu pessoalmente, não ligo nenhuma. Se me apetecer comer carne como, senão, como peixe ou outra coisa qualquer. Para mim a sexta-feira santa é um dia como outro qualquer (blasfémia! Já não sei quantos leitores se benzeram com esta minha declaração e inclusivé, S. Pedro está a pensar se me abre as portas do Paraíso quando chegar a minha vez ou me manda já um dilúvio no alto da pinha para abrir os olhos e não ser assim no que toca à religião). Podem adivinhar, qual foi a reacção da mãe Peixa, já meio a espumar: 

  - Aqui em casa come-se peixe! Como sempre foi! Ninguém vai comer carne. PEIXE! - rezingou ela lá dos confins do aquário (Nota: A mãe Peixa supostamente ouve um pouquiiiinho mal. Só um pouquinho. Mas seja coincidência ou mesmo MILAGRE, nestas conversas ela ouve sempre tudo perfeitamente, mesmo que se encontre no outro lado do oceano).

 

  Chega a sexta-feira santa. Já se sabe... dia de peixe. Quer seja ao jantar quer seja ao almoço. Bah... Eu até gosto de peixe e tal... tranquilo.

  Vêm o pai Adamastor e diz-me:

  - Filha Peixa! Já sabes a da tua mãe? - diz ele animado e com ar de troça, mal eu acabo de chegar ao aquário. Mal me deixou pousar a tralhada.

  - Ui... Já a esta hora...? Essa deve ser suculenta. Que fez a mãe??

 

  Pois assim sendo, vou-vos contar:

 

  Notícia do dia:

  

  A mãe Peixa, defensora das sextas feiras santas, em que apenas se pode ingerir peixito e nada de carneca da outra, foi apanhada nas malhas da ironia da vida! Começou o dia em alta! Invés de comer a sua habitual e rotineira sandes de queijo, na sexta-feira santa decidiu comer sandes de outra coisa... E sabem de quê? MORTANDELA!

  - Ah... Hoje acordeiiii e não me apeteceeeu a sandes com queijooo como como todos os dias... Vi a mortandela e apeteceu-me.

  E o pai Adamastor a ver a situação e calado que nem um rato. Apreciou a cena até ver a cara de satisfação da mãe Peixa a fincar o dente e a saborear a sandes de mortandela.

  - Ah-ahhhhhh...!! Olha lá pá, hoje não é sexta-feira santa?? Não podes comer carne!!

  - uuuupppsss...! {#emotions_dlg.blushed}

 

    Ora, vocês não percebem nada...! Esta mortandela era especial de corrida! Não foi feita de bácoro, mas sim de peixe (cof cof)... Peixe-Porco certamente!

2 frituras

Larga a tua posta no óleo

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Douradinhos frios

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D