Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Estou a um passo de ser a tia solteirona que vive com a casa cheia de gatos - mas sem gatos - e nem dei conta da situação.

11.06.19, Peixe Frito
- Tia Peixa, quando crescer quero ser como tu ou como o pai. - Como eu ou como o pai? Assim como? Alta? Grande? - vontade de complementar com "parvos" e "com pancada na cabeça sem precisar de apanhar sol a torrar os miolos". - Assim... como tu. - Pronto, okay - fiquei na mesma, para ser honesta. - Como tu... mas com bebés! - ... Não sei se hei-de ficar elogiada ou se coiso. Maneira amável de me sentir encalhada  As crianças e as suas cenas, não é verdade? Qualquer dia, os meus (...)

Quando o telefone toca a aquela hora... é sinal. Não do Batman, mas quase.

07.06.19, Peixe Frito
Existem centrais de lavagens e automóveis. Eu, tornei-me não numa central, mas numa criatura freelancer de lavar cús a crianças. Passo a explicar. Não há dia em que ao fim do dia não receba uma chamada da mãe Peixa, a solicitar os meus préstimos, para ir dar banho ao animal pequeno, que é a cú Rabinho Pequeno. Então, porque aquele ser vêm da escola e quando não toma banho nos avós, toma em casa, porém, se a fera já for de banhinho tomado para casa, poupa o cabelo dos pais (...)

Uma pessoa fica mesmo em modo de desalento.

04.06.19, Peixe Frito
Depois de uma ida à carniceira depilação, cravo o jantar no aquário mor. - Tenho aqui isto e aquilo se quiseres - diz a mãe Peixa - E queres com saladinha ou batata frita? - Batata frita - digo eu sem hesitar nem piscar os olhos duas vezes - mereço batata frita hoje. Acho que os centros de estética deveriam ter aqueles potes com chupa chupas ou rebuçados, como alguns gabinetes pediátricos têm. É que uma pessoa depois de momentos de sofrimento agudo e quase constante a fazer a (...)

O meu dilema. Isto exige medidas extremas. Aceitam-se sugestões.

03.06.19, Peixe Frito
Está calor. Abafado. Muito abafado. Abro a porta, está abafado e quente fora do gabinete. Abro a janela? Mal por mal, ao menos entra ar. O pior é o dito ar cheirar a poia de canito. Sim... já por não sei quantas vezes, que vou verificar se pisei alguma coisa e nada! É mesmo do ambientador da rua. Nossa que biolência para as minhas narinas, devo frisar! Ninguém merece. Com tantas árvores de fruto, flores, cheiro a natureza, às árvores, ao mar, à serra, tinha logo de cheirar a (...)

Qualquer dia, dá asneira. E desta esteve beeeeeeeeeeeem pertinho!!!

03.06.19, Peixe Frito
Encontrei um gafanhoto pequeno, na copa. Pego nele e venho ter com uma colega. Estendo o braço e digo-lhe: - Mequié, vai um snack? Pois é... Que aconteceu? A criatura estendeu a mão para agarrar mas no último instante, percebeu que aquilo era algo comestível mas não na nossa terra. - Sabes o que é isto?? - diz-me - é a gulozice!! É a gulozice!!! E eu ali, parada com o gafanhoto preso nos dedos, a pensar que ela ia mesmo pegar no bicho e comer à confiança. Fico agradecida pela (...)

E assim continuam os meus encontros imediatos de 3.º grau

03.06.19, Peixe Frito
Como se não bastassem aranhas, lagartixas e afins, há sempre espaço para albergar o contacto com mais espécimes selvagens. Neste caso em específico, o que me valeu foi que tanto me assustei eu como a bicha, que vinha toda lampeira a andar em direcção ao meu gabinete, assim tal e qual diva no seu passeio da fama, até que deu de fuças comigo, a sair do gabinete. Vos garanto que dava um meme hilariante. Vêm a criatura - que by the way, era uma osgalhona. Daquelas dignas de terem (...)

Será que não posso estar um momento sossegada sem nada estranho a acontecer?

24.05.19, Peixe Frito
Estar a falar com uma pessoa e vejo uma coisinha assiiiim piquirritichinha, a descer à frente dos meus olhos e a parar. "Possa, estou a ver mal? Que é isto? Que raio?!". Abano a cabeça e aquilo continua ali, bailando mesmo na minha fuça.  É uma romela? É uma pestana? É um animal de grande porte lá muito longe, tão longe que parece uma fomiga? Muitas questões ressoaram a minha alma, naquelas fracções de segundo. Passo a mão a enxotar o que é que era aquela coisa e lá consigo (...)

"Deus é grande e de certeza que algo muito bom está para me acontecer"...

24.05.19, Peixe Frito
... é o que eu costumo pensar. Depois olho para a minha saia e vejo um fio branquinho, ali assiiiiiiim a dizer-me "Pull me, pull me" - sim, os fios da minha roupa são poliglotas - e como podia eu resistir aos olhinhos daquele fio mal amado, a estender-me a mãozinha para eu a agarrar? Se ainda ninguém percebeu  que é que vai acontecer a seguir, acreditem que era uma armadilha do demónio. Porquê? Quando eu comecei a puxar o fio, só ouvia o típico som de algo a descoser... (...)

Sabe sempre bem ouvir elogios destes.

23.05.19, Peixe Frito
Fazer um remédio herbal, pedido por uma criatura para dar à sua criatura mais jovem. Uns tempos após essa situação se ter dado, naturalmente que quis saber o feedback: - Então, como correu com o remédio para a tosse? - Como correu? Queres mesmo saber? - Sim... (medoooo) - Na primeira colherada, a criança exclamou: «Mãe! Isto é pior do que a morte!!!" -  É bom saber estas reacções. Da próxima ponho laxante, para ele ver o que é bom para a tosse

Assim a felicidade sai barata.

22.05.19, Peixe Frito
Recebo uma encomenda e estou a abri-la na companhia da cú Rabinho Pequeno. Conforme vou abrindo a caixa, ela a olhar atentamente, até que me exclama: - Uau tia Peixa! Adoro isso!! E eu: - Adoras? É fixe, não é? Também gosto! - e estendo-lhe uma das peças do conjunto de sushi. - Não! Não é isso!  - Então? É o quê? - É aquilo!!! - e estende a mão e agarra o plástico bolha que vinha a envolver as peças, com ar mega feliz e os olhinhos a brilharem com estrelinhas. E eu (...)

A vida têm um sentido de humor madrasto, sim. Tenho dito!

21.05.19, Peixe Frito
Aquele ficou mais enroladinho que uma al-môndega no esparguete. Só o ar de "desisto e vou ficar aqui deitado aconchegado com o novelo de lã"... Se não os consegues vencer, junta-te a eles, já dizia o outro. E este ficou mais panado do que os panadinhos que eu faço. Coitadito, já não se pode refastelar sossegado numa caixa alheia. Adorava ver como é que se conseguiu livrar das bolinhas... Deve ter ido pedir dicas à

Lei de Murphy. E está tudo dito!

15.05.19, Peixe Frito
Calor abrasador. Tão abrasador que a fruta desmaia e cai da árvore e os tomates assam no pé do tomateiro, em plena horta. Calçar ténis com dias destes, é um enorme potencial de cheirar a chulé, sem falar do calor que se gera dentro dos mesmos - só nos apetecendo descalçar - e do transpirar dos pés, gerando lagos e escorregas dignos de parques aquáticos. Detesto ir a andar e a escorregar dentro do meu próprio sapato. Lindo. Pareço uma gazela que nasceu há minutos e está a (...)

Vale pela intenção de eu não fazer figurinhas.

13.05.19, Peixe Frito
Estava a mostrar à cú Rabinho pequeno o vestido que os avós dela me tinham oferecido, a pô-lo assim à minha frente e a perguntar que ela achava, se gostava. Após momentos de silêncio, diz-me assim: - Tia Peixa, assim ficas com as cuecas à mostra! - Fico com as cuecas à mostra? Como assim? Então agacha-se à minha frente: - Se eu me baixar assim, vejo-te o pipi. Até com esse que tens vestido agora, te vejo as cuecas. Isto porque o vestido que lhe estava a mostrar à frente é (...)

Só porque não há uma sem duas.

10.05.19, Peixe Frito
(não é um panda, mas um koala ficou parvo com este post) Na sequência do post anterior, onde pelos vistos reinava o tema do cuidado das espécies e planeta Terra, constava igualmente uma pergunta de escolha múltipla, se as alminhas sabiam qual o alimento que os seres humanos também consomem, que dado o seu consumo e devastação poderá contribuir para a falta de alimento do panda chinês, podendo pôr em risco a existência da espécie? Ora, que acham que responderam, na sua grande (...)

Nossa senhora, Deus nos valha.

10.05.19, Peixe Frito
Uma série de jovens a responderem a um questionário onde lhes perguntavam qual era a principal causa do urso polar ter a existência em risco, onde entre as alíneas de resposta se encontravam o degelo das calotes polares ou a desflorestação, alguém adivinha que responderam? Sim, a desflorestação. Alguém já viu alguma árvore nas calotes polares? Ora pois aí está. Fico mais descansada em relação à cultura destas criaturas... not.

Nem sei se hei-de rir se chorar. Mas que me arrepia certas coisas, ah arrepia...!

03.05.19, Peixe Frito
Dei por mim a lembrar que a mãe Peixa, têm (ou tinha) uma trança de cabelo meu, das primeiras vezes que cortei o cabelo, era eu uma pequena sereia. Ora pois, fiquei a pensar na situação. Não é assim meio bizarro, guardar o cabelo de alguém? Mesmo que seja dos nossos filhos? Eh pá, já guardamos os dentes de leite... o cabelo do primeiro corte de cabelo... o cordão umbilical! Só falta alguém se lembrar de guardar as unhas e primeiro cócó. É que nem sei bem que dizer acerca disto. Conclu (...)