Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Já não se pode estar descansada, estarraçada a curtir o sol e os pássaros a cantar.

20.02.19, Peixe Frito
Como na maioria das casas, no aquário mor em dias de limpeza, os tapetes são batidos na rua e estendidos ao sol. Apenas voltam para dentro, após o chão aspirado, lavado e seco. Vai a mãe Peixa, depois dos afazeres de fada-do-lar, buscar os tapetes ao gradeamento das escadas. Pega num tapete, leva para dentro e põe no lugar. Vai buscar outro, o mesmo. Finalmente, os útimos tapetes, que eram os da casa-de-banho. Vai, abana ligeiramente os tapetes, pega neles e conforme os vai por (...)

E é assim que se contribui para a educação de uma criança - ou não.

19.02.19, Peixe Frito
Já disse "n" vezes, que a prole da família, é tramada. Eu costumo dizer que já não me bastava ter aturado o paizinho das criaturas, como que ainda tenho de roer com o alevim e com a cú rabinho pequeno. Este último ser, consegue ser o upgrade do irmão e do pai, para mal dos pecados de TODA a gente. O seu sentido de humor e palhaçada é claramente herdado da família, agora o mau génio, não faço ideia onde ela o foi buscar, mas com toda a certeza, ao lado da famíla da mãezinha (...)

Esta ainda não me tinha acontecido.

18.02.19, Peixe Frito
Ouve-se lá nos confins do aquário mor uma conversa entre avô e neta: - Vai pedir à tia Peixa, que ela ajuda-te. Passinhos pequenos e rápidos, em jeito de corridinha e oiço uma vozinha de quem me vêm cravar algo, versão gato-das-botas, mas vocalizado: - Ó tia Peixaaaa... - olho para ela e ela de beiço estendido e olhinhos de Bambi - tiras estas coisas da minha plasticina? A mirar a plasticina, na minha mão, vejo algo que parecem pedacinhos de ramos lá metidos. - A plasticina (...)

Derrete-me logo o coração! E porque hoje é só disto, bolhinhas de amor por todos os lados e mais alguns.

14.02.19, Peixe Frito
Esta música deve ter sido escrita a pensar em mim. Deveras explícita a letra, meio que bardajona, mas fica a intenção da paixoneta por mim - ai se o Chewbacca sabe! Punhada no hóme. "(...) Quisiera ser un pezPara tocar mi nariz en tu peceraY hacer burbujas de amorPor donde quiera¡Oh! Pasar la noche en velaMojado en tiUn pezPara bordar de corales tu cinturaY hacer siluetas de amorBajo la luna¡Oh! Saciar esta locuraMojado en ti"  Basicamente, acho que o que o senhor quer fazer é (...)

Eu e o dia de S. Valentim.

14.02.19, Peixe Frito
Não, não me vou por para aqui a falar mal do dia de S. Valentim, o quanto acho que o amor deve ser celebrado todos os dias, que os miminhos se devem dar espontaneamente e sem data estipulada pelo comércio e o quanto este dia ainda acaba por gerar pressão social e apontares de dedo - embora alguns imaginários - aos solteiros e a quem de facto aprecia estar só e que ter alguém do lado, não é prioridade na sua vida - "Blasfémia!! Com a tua idade já devias era ter dado o nó, ter um (...)

Eu pensei que estávamos sempre era na companhia de Deus, mas é bom saber na mesma...

12.02.19, Peixe Frito
...que temos uma alarvidade de germes, bactérias e outros seres minúsculos, a todo o momento em nós, quer por dentro, quer por fora.Da próxima vez que alguém me observar "Hey Peixa, estás a falar sozinha?" eu irei responder "Não, estou a falar com os meus germes, posso?".Já viram bem, as pazadas de criaturas que sabem dos nossos segredos mais íntimos? Como o comermos chocolate às escondidas, andarmos a baldar na dieta e deitarmos tarde porque estivemos a ver televisão?Temos de (...)

E, de repente, conseguiu ver a vida que a rodeava, os pássaros, as flores, a geada matinal, desfrutar das paisagens e ganhou nova cor e sentido na sua vid...

08.02.19, Peixe Frito
Decidi limpar o vidro da frente do peixmóbil, por dentro. É que sabem, depois de um outono e começo de inverno, em que fica muita condensação de água no vidro, custa a desembaciar e o gajedo cheio de lume no rabo, passa um pano a limpar e um papel de seguida, para que o dito vidro não fique com manchas - sim... torna-se mais rápido do que esperar que desembacie, com aquele lago de gotas no vidro. Quando passo o pano, chove... e preciso de abrir o guarda-chuva, de cocktail, mas (...)

Isto de ser "Bio", têm muito que se lhe diga.

06.02.19, Peixe Frito
Ora, quando vou às compras e tenho oportunidade - e acho que o preço não me vai fazer hipotecar a casa, vender sangue, um rim, por a render o gato, o cão e o periquito e que os peixes vão ter de comer menos floquinhos por semana - costumo adquirir alimentos designados por "bio". Há uns tempos, comprei lentilhas. E lá estavam elas, airosas na sua embalagem a fazerem pirraça a todas as alminhas que eu tirava nas suas imediações e elas ali intocáveis, até que eu decidi fazer

Isto já explica muita coisa!

04.02.19, Peixe Frito
E eu a pensar que era de eu ir dormir depois de tomar banho à noite, em que o cabelo fica todo acachapado e até dá dó de manhã a parecer uma piruca ou cabelo das bonecas de uma miúda pequena, mas afinal! Elas andem aí!!Eu nunca as vi nem sequer entendo bem como é que elas conseguem atravessar andares (no meu caso) até chegar ao meu quarto, nem como algo pode funcionar como grua a sustentar estes animais leves como uma pena, graciosos e nada compactos, porém, que as há, há!!É (...)

Alguém está a precisar de umas aulas de anatomia, urgentemente.

01.02.19, Peixe Frito
Que "barba" tão... tão... sui generis!Ora se fosse antes assim, os dentes nascerem no queixo e a barba na boca? Bem, ao menos o animal é feliz... Nem imagino o que deve ser lavar os dentes da boca e os dentes do queixo, o quanto ele gasta em pasta. Por outro lado, poupa uma fortuna em cremes para a barba, lâminas e máquinas de barbear. No fundo no fundo, têm é de ter cuidado para não dar uma dentada a ele próprio, que uma dentuça daquelas naquele lugar, é mesmo propícia a (...)

Atrofios que me acontecem naturalmente e não somente quando está de chuva.

30.01.19, Peixe Frito
Eu adoro comentar em blogs, fazer "gosto", largar uma posta de pescada mais séria ou ajabardar em blogs em que me sinto mais à vontade com o blogger. Infelizmente - ou felizmente para alguns bloggers - não comento tanto quanto eu gostava e felizmente - neste caso sim é mesmo felizmente - existem muitos blogs que eu sigo - tipo stalker - e a cada semana, mais surgem. O que gera um universo de blogs, para eu ir cuscar, espiolhar, largar posta de pescada dando o ar da minha graça e dar (...)

Isto já explica muita coisa.

30.01.19, Peixe Frito
O problema é que o meu espírito animal devia de ser canibal, pois está constantemente a guiar-me para a secção das gomas nos hipermercados ou funciona como imãn, quando passo pela Hussel que, by the way, my favorite store.Uma coisa é certa, que o animal têm bom gosto, lá isso têm. Aquelas caveiras recheadas com morango, as línguas ácidas, os dedos e tijolos brancos e vermelhos, os smurfs, os ursinhos goma clássicos, venha o diabo e escolha, qual deles apoquenta mais o meu ser, (...)

...e é assim que me põe a faíscar dos "zólhos" e a semi espumar pela boca.

29.01.19, Peixe Frito
Diz o espécime intermédio do cardume - irmão da cú rabinho pequeno, menciono isto só para verem como é genético - para mim e para o senhor seu pai:- Ó pai e tia Peixa, quando vocês eram pequenos, já existiam televisões a cores?- Wtf? Olha lá pá, deves estar a gozar comigo, não? - respondo-lhe eu, com os olhos bem apertos e olhar de Peixa exterminadora de tudo o que respira.- Ah, erm... não tia Peixa não era bem isso que eu queria dizer...- Então era o quê? - Erm... (...)