Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ficamos lixados com "F" grande!!

14.08.09, Peixe Frito

    Adoro as noites de verão. Quentes com uma ligeira brisa... Janelas abertas para o ar entrar em casa... Bebericarmos algo fresquinho, às escuras, e apreciarmos o céu estrelado (isto no campo, que em locais urbanos, a única "estrela" que vemos é a lua)...! Agora, detesto é algumas coisas extra, que vêm como bónus desagradáveis, equiparado a comermos um ovo kinder, ansiosos pelo brinde e este ser repetido!... - grande galo. Nestas alturas até dá vontade de exigir o nosso dinheiro de volta.

   Refiro-me especificamente, à bicheza. Não é às ósgas, que temos de estar sempre à coca, não vá estar alguma malandra a ver se entra à socapa para dentro de casa, mas refiro-me a aquelas coisas irritantes, mínimas, mas que conseguem moer a cabeça de qualquer um: as melgas.

   Ninguém as vê, na grande maioria, e muitas das vezes nem as sentimos picar. A alguns, nem os repelentes os safam. O grande problema das melgas - além do nome lhes acentar que nem uma luva - é o factor de se lembrarem de atacar as vítimas, à noite, na hora de dormir. Cobardolas!! Está uma pessoa ali, afofadinha para dormir no vale-dos-lençóis, e começa a ouvir ao longe "bzzzzzzz", e cada vez mais perto, gradualmente, tal e qual como aquele toque irritante de telemóvel. Ora, se forem como eu, que estico logo o braço e acendo a luz, podem comprovar que as melgas têm um poder secreto, que é o de desaparecerem na luz! Sim, porque é muito difícil encontrar uma melga nas paredes do quarto, com a luz acesa, mas se a apagarmos... lá está ela! E até a acharmos... é o Carmo e a Trindade -  A sensação que eu tenho, é que as melgas me andam a "tourear"...! Raios as partam - Se tivermos sorte, e a encontrarmos logo no início quando nos deitamos, ainda vá lá, temos uma noite de sono pela frente, agora quando pensamos que as matamos - facto consumado -  mas continuamos a ouvir o barulho chato quando desligamos as luzes, e acabamos por descobrir que é um exército delas... Noite de martírio. Eu até vos dizia para mudarem de quarto, porque se lá ficarem passam a noite em branco e são mordidinhos até ao tutano, ou até podem vestir-se com fatos-de-mergulho, não é muito cómodo para dormir, mas ficam protegidos de certeza!

    Mentalizem-se: elas vão-vos perseguir, para onde quer que vão. Até para a casa-de-banho!! - Sim... as bombas gaseficadas naturais não as demovem.

    Medo... Tenham muito medo...

26 comentários

largar posta na fritura

Pág. 1/2