Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Adoro ossinhos de vaca moidinhos!!!

19.10.09, Peixe Frito

    Sempre me disseram desde miúda, que a gelatina era feita de ossos de vaca moídos. Confesso que nunca foi nada que me fizesse grande confusão, até porque achava que me estavam a endrominar! Eu pensava como era estranho, algo como ossos ser convertido em gelatina, e não em algo mais nojento. Como por exemplo... deixa cá ver... manteiga! Sim, se forem bem a  ver, a manteiga até é assim um bocado nojenta, assemelha-se a ranhocas amanteigadas e afins (boa ilustração, não foi?), pelo que a gelatina, em termos visuais e de consistência, até não é assim tão má e é bem mais apelativa. Outro exemplo nojento, até causa repulsa, náuseas, e muitas coisas más, de alimentos que ingerimos bem piores que ossos de vaca - Alto e pára o baile!!! Advertência: Este é mesmo mesmo um mau exemplo meus caros, não aconselho a leitura deste post fantástico a partir daqui, a quem tem coração fraco, e alguma tendência para gases naturais e vómitos compulsivos! - Como estava a dizer, pior do que comer ossos de vaca moidos é... comer... comer... couves-de-bruxelas! Oh meus amigos, como vocês são capazes? Ainda reclamam que os chineses comem gafanhotos, enquanto vocês comem couves-de-bruxelas?!   (ahahahah) Atrofios à parte, voltando ao tema principal, quero lá saber se  a gelatina é feita de ossos de vaca moídos. Pior pior, é usar banha de porco na comida - pelo menos para mim, já me chega a minha banha - ou passar a vida a mastigar pastilhas, que têm nas propriedades petróleo, e comer gomas e essas coisas, e nem sequer saber do que são feitas - Cera de abelha? Que é isso pá?!

   Por falar em gomas... Espero que as pessoas que não comem gelatina (pelo factor de ser feita com ossinhos moidinhos), não tenham nenhuma pancada por gomas. Sim... existem gomas que têm gelatina nos ingredientes. Ou seja... A cada mão cheia de ursinhos goma, estão a ingerir uma pata traseira de uma vaca, ou o crânio da dita (não propriamente nestas proporções, mas vocês entendem a minha intenção).

    Dá que pensar, não é?

largar posta:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.