Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Histórias horripilantes de Halloween... búúúúúú

28.10.09, Peixe Frito

   Era uma vez uma personagem, que na altura do Halloween, apreciava cortar abóboras e decorá-las a preceito para festejar o evento. Depois dessa trabalheira toda, de cortar, de retirar o miolo, mandar os carneiros bugiar (os das abóboras), fazer as caretas assustadoras, com os bofes de fora e até com abóboras em cima da cabeça tal era a quantidade (temos de dar utilidade à dita, não é), lá ia ela colocá-la(s) na rua, à porta de casa a decorar. Assim para uma recepção mais creepy sabem, a entrar no espírito do Halloween.

    Pois bem, todos os anos que colocou as abóboras na varanda, estas eram roubadas. Escusado será dizer, que ano após ano disto acontecer, lá se deixou de coisas... Já viram a despesa e a trabalheira que era, todos os anos a malta a roubar as abóboras? Grande lata...! Se as queriam roubar, que as roubassem inteiras e que as decorassem eles...! Esta malta! ehehe Nem as abóboras escapam.

    É ou não é uma história horripilante? Até tenho pele de galinha e as escamas em pé...

5 comentários

largar posta na fritura