Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Já não basta ser deprimente o suficiente...

03.11.09, Peixe Frito

   ...estar doente, como por si só ter de tomar uma quantidade significativa de medicamentos de x em x horas (sem poder falhar o horário), e só por azar, os horários são sempre uma treta. Quando digo isto, é porque calha-me sempre a situação de ter de acordar de madrugada para tomar a medicação. Não é justo! Então uma pessoa está doente, e não têm uma noite de sono como deve de ser?... Não há condições. Ainda por cima, os medicamentos têm cada nome, que até metem medo ao susto - Já sei, já sei! Se o virus não morrer com a mediacação, ao menos morre com o susto ao ouvir o nome desta. Espertos os tipos da farmacêutica. 

    Serei eu a única que não me lembro de 1/3 do nome dos medicamentos, e dos que me lembro, pronuncio mal o nome? Não seria mais fácil darem nomes aos medicamentos que fossem mais fáceis de fixar e pronunciar? (do género: Remédios para a gripe: Estou com a jipose 1, Estou com a jipose 2, etc... Para as dores: Estou com o reumático 1, Estou com o remático 2, por ai adiante... Não era mais funcional?) É que quando uma pessoa está doente, a memória e a coordenação "lingual" (refiro-me ao acto de proferir as palavras) não está no seu maior esplendor, pelo que dizer coisas complicadas pode ser a diferença entre a vida e a morte nas filas da farmácia. Ainda bem que as receitas agora são computorizadas, o que fez diminuir consideravelmente a taxa de mortalidade nas filas das farmácias, porque antigamente, quando estas eram passadas à mão, alguém não percebia o que o médico prescreveu, e outro não sabia pronunciar o nome, e primeiro que chegassem a alguma conclusão, já alguém tinha batido a bota.

    Cá para mim... Havia era ali um consórcio entre as farmácias e as funerárias...! Digo eu...!

largar posta:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.