Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Se calhar são as minhas ramelas...

26.11.09, Peixe Frito

    ... que não me deixam ver nada! ^.^

   Começa a altura dos vidros embaciados nos carros, coisa que me deixa especialmente irritada. Ora vai de ligar a sofagem, ora desliga, ora embacia, ora liga, e passo a vida nisto até chegar a casa. É que é tanto "vapor de água" (se é que assim lhe posso chamar) nos vidros, que mais parece o espelho da minha casa-de-banho quando eu acabo de tomar banhoca de porta fechada!

    Ontem deixei passar um carro, que nem sequer sei se ia um homem a  conduzi-lo, se uma mulher. E porquê? Ok, a minha visão de peixa-morcega anda assim meio ranhosa, mas era exactamente porque aquela viatura tinha os vidros tão mas tão embaciados, que parecia que a alminha estava a dar boleia a um nevoeiro cerrado. Fiquei a imaginar se aquela arvéola via alguma coisa para fora... certamente que não. Mas mesmo assim, continuou o seu percurso. Deve de gostar de factores de alto risco, da emoção.

    A única altura em que eu realmente apreciei os vidros embaciados num carro, era quando era pequena, e quando via os vidros embaciados, fartava-me de fazer bonequitos no vidro, coisa que a minha mãe não achava lá muita piada, mas pronto... o que é certo é que eu continuava a fazê-los, e tinha de ser era à socapa!! eheheh

2 comentários

largar posta na fritura