Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

...

18.06.09, Peixe Frito

   Pesquisa no Google: tananana nana nanã tana na na nã.

 

  Quem pesquisa estas coisas, espera realmente encontrar uma resposta para a sua pesquisa? Sinceramente acham que sim??

"Como vai o tempo aí em cima??"

17.06.09, Peixe Frito

   Sinceramente, eu e as aranhas, as aranhas e eu, não somos assim propriamente amigas. Podia contar aqui mil e quinhentas coisas que já me aconteceram onde a aranha é a personagem secundária (eu sou a primeira, obviamente). Mas, existe uma situação que me acontece com alguma frequência: levar com uma teia na tola. Ah pois é. Eu não sou propriamente uma mulher alta, mas não sou assim também baixa (uau, bela conclusão, mais valia a pena dizer que sou de estatura média e poupava-vos de ler estas linhas todas, mas enfim), mas esbarro sempre com teias de aranha. E mesmo no meio da teia. Sim, no meio. Aquela zona onde costuma estar aquele bichoo feio, baboso (vejam à lupa e depois logo me dizem) e cheio de patas e olhos, chamado aranha. Não sei como, mas não costumo ficar com nenhuma presa no ninho-de-ratos, é mesmo pura sorte.

   Ainda aqui há dias, andava a apanhar laranjas (ou a fazer de conta que, porque esta estava minada de formigas, as quais me andavam a fazer um ataque, que aquilo mais parecia uma cena de combate do "Rambo", em que o "Rambo" nunca foi tão jeitosão com belos cabelos loiros - alto e pára o baile! Imaginem o "Rambo", de franja escadeada ao lado, e cabelinho loiro encaracolado... LOOOOOL - Aliás, a laranjeira, neste caso, devia era de se chamar formanjeira. Foi numa situação destas, que alguém deve ter inventado a mítica frase: "São mais c'as mães!!"). Bem, como gananciosa que sou, ao ver que a laranjeira fazia um género de arcada, em que na mesma haviam montes de laranjas lindas, esbeltas e magníficas, a acenarem-me com a mão e a dizerem "Aqui!! Apanha-meee!!", fui-me enfiar lá debaixo. Mal meto a cabeça lá debaixo e me ponho em pé, PIMBAAAS cara na teia. Não sei se vos diga, se vos conte. Desta não estava eu à espera. Foi mesmo mesmo em cheio! E que grande teia... e por sua vez... grande aranha! :P

    Se calhar o ser humano não devia de subestimar assim as aranhas - A prova disso, é o filme "A Teia da Carlota", ah pois é - Esta aranha é que montou ali um esquema para apanhar bicheza, mais bem engendrado que muitas tácticas de guerra.

    Desculpem o "testamento", mas hoje estava inspirada, mesmo não tendo escrito algo assim com conteúdo que se aproveitasse.

Se há coisa que gosto de fazer...

17.06.09, Peixe Frito

   ...é apreciar uma teia de aranha. Sim, a sério. Acho mesmo as teias de aranha bonitas. Como um bicho tãão feio, consegue criar algo assim tão belo. Então quanto maiores forem, mais gosto de ver como foram tecidas.

   Mas o que realmente gosto de fazer, mais ainda do que ver as teias de aranha, é espetar lá uma palha, ou até mesmo um dedo, e fazer de conta que sou uma mosquita tótó, que ficou presa na teia, só para ver a "jarda" com que a aranha anda, para depois vir a descobrir que fez figura de otária.

    Ainda bem, que não há assim aranhas altamente venenosas em Portugal, senão já tinha levado umas belas de umas mordidas, para não me armar em engraçadinha.

   Uma coisa é certa: eu falo falo, mas as aranhas sabem tecer e eu não.

A soneira matinal...

16.06.09, Peixe Frito

   ...é tramada.

   Não há nada mais agradável, que chegarmos ao trabalho, ensonados, e uma colega começar a troçar connosco porque temos um buraco no polo, debaixo da axila, e umas manchas na manga.

   Há pessoal mesmo tramado... LOL

 

   P.S.: Não tenham pena, que este artista foi o que encheu o outro de tinta... LOOOL

Ironia do destino...

16.06.09, Peixe Frito

   Uma vez, duas personagens foram almoçar fora, em trabalho. Chegaram ao restaurante, viram o menú e tal e coisa, e escolheram choquinhos grelhados. «Sem tinta», especificaram ao garçon. Quando veio o almoço, b estava cheio de nove horas, porque dada a sua profissão, é mesmo muito mau sujar a camisa, e ir assim ter com os clientes. E eis que "SBLOSHHH"...! c a cortar o choquinho, espirrou tinta para cima de b, que se encontrava à frente deste, na plena camisinha branca imaculada. Resultado: Estava um dia de calor, e b teve de passar a tarde de casaco vestido, tal era o graffiti que tinha na camisa.

   Moral da história:

    1.º Se comerem choquinhos, coisa por coisa, mais vale a pena pedirem logo com tinta;

    2.º Ao comerem os ditos choquinhos, tentem não furar o olho ao choquinho, porque mesmo não tendo tinta, o líquido do interior do olho espirra e suja tal qual a tinta!! - foi o que aconteceu a b;

    3.º Quem se lembra de pedir choquinhos, com uma camisinha branca vestida, assim que nem cal, que até parece saída da lixívia?!

É só medalhada!

16.06.09, Peixe Frito

   Não há nada mais emocionante, que comer na cantina da empresa, e ficar cheia de medalhas na camisola. Bem, vendo as coisas pelo lado positivo, sempre posso dizer que na empresa ganho muitas medalhas (não posso é especificar que tipo de medalha). E a cereja no topo do bolo, é a barraquinha ficar longe, pelo que quer dizer, que vou ficar medalhada durante a tarde inteira.

Sí a ti te gusta, a mi me encanta ^.^

15.06.09, Peixe Frito

   Eu sei, que a língua espanhola é semelhante com a portuguesa, e que por vezes, aparecem assim umas frases ou palavras, que para nós tugas, soam para o engraçadas.

  Ora, falo de frases como: "Masage Mariquita. Funciona con pilas" - Atenção! Não se refere a nenhum vibrador!! É daqueles massajadores pequenos, com formato de Joaninha - Mariquita - que funcionam a pilhas;

   Ou como: "Tarta de fresas relleno chocolate" - é só a mim que "relleno" soa tipo a... ranho ou ranhoca?? Em "bom" português, pastilhas de morango com ranhoca de chocolate?;

   Ainda para quem têm dúvidas a que me refiro, temos aqui outro exemplo, de dedo no ar:

     - "Aplicar por la mañana sobre rostro y cuello limpios" - Acho que este aqui vou deixar a tradução livre, à vossa interpretação e imaginação;

   E por último, mas não menos interessante:

    - "Buey de Mar" - Logo para começar, eu sei que alguns artistas apelidam ao polvo (se não estou em erro) aranha-do-mar, agora, chamar à sapateira "Buey de Mar"? Elas nem sequer têm cornos! (quer dizer, que se vejam, que se calhar as sapateiras fêmeas são assim para o malandrecas, e nós não sabemos);

   E pronto... agora vou-me deixar de coisas, e vou preparar ali um pitéu de Buey de Mar com huevos, cerveza e encurtidos! loool "Encurtidos"... esta palavra dá para tantas piadinhas secas, é uma tentação, mas agora não posso. "Eres muy guapo, pero no puedo!" LOOOL ;)

Reflexão ecológica

14.06.09, Peixe Frito

   Uma nova definição de "Efeito de estufa" - o que eu passei, com a brasa que estava nos últimos dias, mesmo sentada à sombra. Como eu gostava de ter um pagem a abanar  uma folha de bananeira, e outro a abanar a cama de rede.

Este é só para ser diferente...

14.06.09, Peixe Frito

  ...do resto dos posts cá do estaminé:

  Cum catano pá! Ao valor que o Manchester vendeu o C. R., uma pessoa até olha para o prémio do Euromilhões de lado.

 

   P.S.: Eu sei, eu sei que já estou atrasada uns dias... Quem me manda ir de férias para onde não havia net? looool

Esta "rebentou" comigo!

12.06.09, Peixe Frito

   Todos nós sabemos, que a grande maioria da criançada, têm uma mente fértil. E isto vêm a propósito de quê? Ainda anteontem, presenciei uma amostra dessa dita "mente fértil" das crianças, quando um rapazito se estava a meter com uns cães, da casa em frente ao café. Os cães, tótós, ladravam que se fartavam, para satisfação do pequeno. Eis que, acabaram por se cansar, que viram que aquilo não os levava a lado nenhum. O petiz, que até já ladrava aos cães para os provocar, adoptou outra estratégia, quando viu que estes já não lhe ligavam peva: começou a miar. Como é óbvio, os cães recomeçaram a ladrar. O infante ficou todo feliz, pela sua brilhante estratégia ter funcionado. Por outro lado, os cães se pudessem apanhar o miúdo a jeito, de certeza que não se faziam rogados em lhe mandarem uma trinca assim de surra.

   Esperto o pequeno, hein? E lá os cães tiveram de "roer" com ele até este se ir embora, torrar o juízo a outros.

Ainda a respeito dos M&M's

10.06.09, Peixe Frito

   Porque põe prazo nas embalagens? Alguém, mas existe alguém que deixe os M&M's passar do prazo? Não me acredito. É mesmo puro desperdício de tinta, que polui mais o ambiente, e contribui para o aumento de gases nocivos (cheiro das tintas), que pelo seu lado, aumenta os efeitos de estufa na camada do ozono e atmosfera! Gostava de saber o que ganham com isso.

    P.S.: Quem disse que os feriados não podem ser nocivos para algumas cabeças?

Devo ser só eu mesmo!

10.06.09, Peixe Frito

   Que pancada a minha (não é novidade eu sei) que quando estou a comer M&M's, dou-me ao trabalho de ver as corzinhas dos piquenos, e ainda vejo se consigo formar uma bandeira de um país, dispondo as cores. Para quê? Para depois juntar os M&M's todos e mandá-los de uma vez para a boca.

Ehhh 'tás a ficar cotaaa ^.^

09.06.09, Peixe Frito

   Começo a notar que estou a caminhar para a posteridade, quando ainda escrevo acentos onde estes já não se usam, e ainda escrevo o "c" antes de várias letras, onde este também foi banido.

Quizz by Peixe Frito - Um quizz à minha moda

09.06.09, Peixe Frito

   Sejam benvindos ao meu quizz. Após uma calorosa votação por parte dos leitores assíduos da fritadeira, no quizz de estreia "Como dizer a alguém, assim como quem não quer a coisa, que têm mau hálito?", resolvi fazer este quizz, assim mais focalizado numa situação, derivada da questão.

    - Alguma vez, alguém viu as pipocas que se consomem nos cinemas, a serem feitas ali na altura?

   Vou dizer: só coloco esta questão, devido ao mito urbano de que há ratatui's a passearem e a roerem os sacos das pipocas, a fazerem uma festarola tal equivalente a uma festa na piscina, mas versão pipocas, nos armazéns onde estas se encontram armazenadas. :D E pelo facto de que já consegui que muita gente começasse a olhar de lado, para as pipocas do cinema, como uma pessoa que está a fazer dieta, e passa numa montra de doces que têm um cartaz "Coma tantos quanto puder!! Sem pagar nada!!!" :D

   Vá... deixem lá de ronha e deixem o vosso contributo.

  "Sim?"

  "Não?"

  "Assim assim?"

  ou "Eu é mais bolos?"

   Se houverem votos significativos, eu depois contabilizo e digo o resultado e as respostas que me emocionaram mais... loooool :D

É de conhecimento geral...

08.06.09, Peixe Frito

   ...que a grande maioria das telenovelas portuguesas, têm títulos retirados de músicas de cantores portugueses. O que eu acho estranho, é ainda não haver nenhuma novela, com um título de uma música dos "Ena Pá 2000" ou dos "Irmãos Catita"! Existem tão boas candidatas... olha por exemplo:

   - "No meu Ford Capri" - é interessante. Revela uma história de amor, ou não é?

   - "Alice", "Olga", "Marilú", "Valentina" ou até mesmo "Joana Banana" - Relata a história de uma rapariga com uma vida difícil, que teve de encaminhar por outras vertentes para se sustentar, de raízes humildes e honestas;

   - "És Cruel" - Uma história de um mau pai, que tratava mal as filhas, que devia ter algum problema psicológico e um passado traumático. Talvez um ex-combatente de guerra;

   - "A Luta Continua" - Acho que o título diz tudo;

   - "Capitão Bóbi" - ... Uma outra vertente da "És Cruel", mas este era mulherengo e traía a mulher a torto e a direito. Divorciou-se e foi um falhado a vida inteira. Era pai de 3 filhos, mas  nenhum era mesmo dele;

   E por fim, que já devem de estar a arrancar os cabelinhos todos (cuidado com os brancos, que reza a lenda que por cada cabelo branco arrancado, nascem pelo menos uns dois a sete cabelos brancos... LOOOL):

    - "Uma Casa à Beira Mar" - Romântico, não é?

    e ainda:

    - "Uma mulher do norte" - Carago! :D

Que desperdício!...

05.06.09, Peixe Frito

   Só de pensar o dinheiro que mandei à rua, ao ontem ter regado as plantas, e hoje ver a chuvada que está... ao menos "lava" o carro!

...

05.06.09, Peixe Frito

   E os cães a ladrar? Também sempre nas alturas mais inconvenientes! Basta uma pessoa abrir a janela para a casa arejar, ou mesmo ir bater uma sorna no sofá, e lá estão eles.  E há uns que nem ladram... só sabem uivar. A coisa é que se fosse só um, pronto ainda é naquela, agora quando um começa a ladrar, ladram logo uma catrefada deles ao mesmo tempo. Devem ter muito que conversar, os cuscos.

Ui que agradável!!

05.06.09, Peixe Frito

   Se existe som, que eu considero particularmente irritante, é precisamente o som dos alarmes dos carros. E logo por azar, tocam sempre, mas sempre quando não devem - não, não estou a ver no ponto de vista do ladrão, que não lhes dá muito jeito que toquem. Por exemplo, quando nós já estamos deitadinhos, afofados na nossa caminha, e o João Pestana já largou os seus pózinhos de perlim-pim-pim, e estamos ali, mesmo quase, quase a dormir e... Pimbas!! - FÓM-FÓM-FÓM-FÓM-FÓM!!! - onomatopeia que simboliza o som dos alarmes de  buzina que alguns carros têm. E logo por azar, toda a gente ouve... menos o dono do carro.

   Raios partam pá! Ponham um daqueles alarmes com comando à distância (que são avisados que o carro está, teoricamente, a ser assaltado), que tenha uma propriedade especial: o som do próprio alarme, em tempo real e em alto som, como se o carro estivesse a apitar na cabeceira! Iam ver como era remédio santo. Não havia alarme que tocasse mais de cinco segundos.

 

    P.S.: Sabem qual é a piada? Acabei de escrever o post, e está uma porra de um alarme a tocar. É um sinal dos céus. S. Pedro está-me a querer dizer que o tempo vai piorar este fim-de-semana. O que é que isto têm a ver com o alarme? Nada. Apenas queria partilhar convosco

Põe tudo num virote!

05.06.09, Peixe Frito

    Uma personagem andava a telefonar a toda a gente, numa busca desenfreada se alguém têm algodão. Por azar ninguém têm. Começam logo todas as cabecinhas a magicar, que alguém se deve ter magoado e precisava do algodão para a ferida. Moveram-se mundos e fundos. Viu-se por detrás de todas as árvores, de todas as pedras, dentro de todos os bolsos e malas, tal Ovelhinha Amarela! Vá lá, havia alguém que tinha uma réstia! Que sorte! Pois é, foi sempre a dar gás pelos corredores da empresa, até chegar ao local da colega.

   Sabem para que era o algodão??

   Para tirar o verniz das unhas.

Coisas de Gajo (4)

04.06.09, Peixe Frito

    São muito machos, mas depois só comem pastilhas de canela ou pastilhas de morango.

  

    Obs.: Fartam-se de gozar comigo e tal e coisa, que as minhas pastilhas são todas "abichanadas" mas depois saem-se com estas.