Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

30.06.11

Eu e os putos (1)

frito e escorrido por Peixe Frito

   Adoro crianças. A sério. Apesar de algumas serem excessivamente chatas, embirrentas, chatas, embirrentas, chatas e embirrentas, que por vezes nos conseguem tocar no nosso nervo especial e nos dão uma vontade de as fazerem esfumarem-se. Em determinadas crianças, até dava jeito que viessem com um controlo de volume incorporado, bem como um botão de "off / on", ali bem à mão-de-semear, ou então com o local da bateria num sítio bem visível, para que se pudesse retirar a mesma sempre que necessário. Enfim, petizes...! Uma das coisas que mais aprecio nos tenrinhos alevins, é precisamente as coisas deliciosas que essas criaturas dizem, com a maior das descontracções, e com ar de quem percebe imenso do assunto. Seja sobre o que for. Ou então, as suas maravilhosas perguntas, sempre mas sempre nas alturas mais convenientes e sobre os assuntos que em nada nos dão imensa vergonhaça e com vontade de nos atirar-mos a um poço.

   Ainda há uns tempos atrás, um pirralho estava a ver um filme de comédia, em família, e dá-se uma situação no dito filme, em que a intérprete exprime que está "húmida". Ora bem, no contexto, foi risada geral. Como podem imaginar, o pirralho ri-se porque toda a gente se estava a rir, e aquando se dá o silêncio... ouve-se uma vozinha: "O que ela quer dizer com o estar húmida"? Até se ouviram os grilos. Lá entre risadinhas, alguém lhe deu uma "definição", do género: "A moça entornou água em cima do colo", ou "Precisa de ir à casa-de-banho". Ainda pior do que as perguntas, é mesmo a explicação que por vezes lhes é dada... :) Uma das coisas que oiço até com bastante frequência - bem dizem que as crianças não mentem - é que me rio de coisas que não têm piada. Pois tentem lá explicar a uma criança uma piada baseada em algo que aconteceu mil anos antes dela nascer, e observem a expressão dela - é nestas alturas que nos damos conta de como estamos a ficar peixes recozidos. Embora oiça estas coisas mal fadadas, por vezes oiço outras que me deixam assim a modos como a sentir-me... estranha: "Mãe... Podemos levá-la para casa??" Há alturas em que penso que deve ser assim que um animal se sente, aquando uma criança o está a escolher para sua vítima, ups quer dizer, para seu animal de estimação. Sim... que eles devem adorar que lhes puxem as orelhas, o rabo, os bigodes (uiii os bigodes é que deve de ser)...! A verdade... é que até adoram :) Mas não... os pais nunca querem que os seus filhotes me levem com eles para casa. Eu até me porto bem... Vá-se lá saber porquê! :)

sobre a Peixe Frito

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

douradinhos frios

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D