Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

30.03.12

Ouvi dizer...

frito e escorrido por Peixe Frito

  ... que hoje ia haver um churrasco a comemorar o aniversário de uma pessoa da família. Acho que vai ser bestial...!

  Os churrascos, são muitas vezes similares aos piqueniques. Uma pessoa combina uma grande churrascada, com o pessoal todo, tudo empolgadíssimo e raramente está um esplendoroso dia de sol - ou quando está até estala... Os piqueniques é a praxe do costume, ou são falados e falados e falados e nunca vão em frente ou quando estão ultra combinados... chuva torrencial.

   Cheira-me que a comida vai estar meio aguada...

29.03.12

Agora areja que é uma maravilha...

frito e escorrido por Peixe Frito
... e nem têm que se preocupar em trancar a porta nem em limpar os vidros das janelas!
 
   Certamente que se fosse eu a roer esta maçã, esta história tinha outro final... :)
28.03.12

O sentido de humor, a roçar o sarcástico, da minha vida

frito e escorrido por Peixe Frito

   Ontem, decidi mudar a água às minhas porcas - por porcas leiam-se as minhas ricas tartarugas, que deviam era de estar a hibernar, mas não, a vida delas é tãããão emocionante (sim, controlar o que eu faço na cozinha ou passar o dia inteiro ao sol ou matar as moscas de tédio ou até a olhar fixamente para o cortinado a ver quem se mexe primeiro é de uma azáfama pegada) que nem hibernam. O ritual normal, escaldar tudo, esfregar com a esponja o que é preciso, inclusivamente as suas carapaças. 

    Pego na minha mais pequena: o brain das duas... Salsaparrilha (nome científico Salsilhitasparrillum pestitis de casquiti piquinitium), mas somente é chamada assim para o veterinário (só uso o nome verdadeiro dela quando ela está a fugir desalmadamente pelo estofo do Peixmobil acima, numa tentativa vã de a assustar, nunca com sucesso que é uma descarada, a porca, arraçadíssima de tartaruga ninja). Criatura de olhos brancos (que mais parecem dois faróis) carinhosamente chamada de Salsitas por mim. Pego eu no meu garboso espécime Salsilhitasparrillum pestitis de casquiti piquinitium, resmungo com ela, que não pára quieta, mal me deixa esfregar-lhe a casca e muito menos a barriga para lhe limpar possíveis alguedos. Depois de algum esforço - meu e dela - despachada. Vá, charco. Chega a vez da maior... a pasmaceira em forma de bicho, com um ar de frete inigualável: Pistáchio. (não, não estou a pedir um pires ó senhor! Se bem que umas alcagoitas marchavam). De nome científico Pistachium vaium te catarum e naum me tapeitis o solium. Criatura que se farta de enfardar, principalmente se for cenoura aos bocadinhos. Têm um especial fetiche por tudo o que é laranja precisamente por causa da cenoura (a minha cozinha é em tons laranja, imaginem as vezes que ela ja tentou morder o cortinado... -.-). Esta sim, está uma bizarma... já quase maior que a minha mão. Felizmente pacata, fica serena a olhar para mim quando falo com ela (ou abismada) bem ao contrário da Salsitas que quer é dar o baza como se não houvesse amanhã. Começo eu a fazer as minhas figuras ainda mais tristes, ao pegar nela:

   - Estamos tão grandes e lindaaaaaas. Er.. tira lá o lindas que estás mesmo a precisar de uma esfregadela nessa cascaria imunda, fosga-se Pistáchio. - vai de esfregar-lhe a casca e dela se agarrar a minha mão, sem tentar fugir - Mas estamos tão grandeeeeeees quem diria minha porquinhaaaaaa, quando te comprei tinhas uns míseros 30 a 40 mm de diâmetro e olha agora para tiiii... - vira-a ao contrário - quase que te deixo cair, mas não te preocupes a dona não te largaaaa e blá blá blá blá e blá blá blá... - Por momentos calei-me. Sei lá, milagre, chamem-lhe o que quiserem. Oiço na casa-de-banho dos vizinhos de cima a água a correr na banheira, a voz da mãe para a filhota pequena, com ternura e miminho na voz a falar com a filha. Possivelmente a dar-lhe banhinho... como eu às tartarugas.

   PÁRA TUDO. E parou mesmo, a Pistáchio ficou à espera que eu lhe continuasse a esfregar a casca e a passá-la por debaixo de água. Deu-se uma epifânia nesta cabecinha... OMG! Sim... realizei a minha vida. Imaginei alguém a ver a minha vida como se fosse um filme, representada por um corte vertical no edifício onde mostraria o interior de cada apartamento ao longo do edifício, e mostrava as vidas a decorrerem dentro de cada um. Naturalmente, iria focar-se no meu (claro olha, então mas a história não é sobre mim??)... e iria abranger também o apartamento de cima. E começa o filme: E tal... uma visualização geral de todos os apartamentos, uns na cozinha a lavarem os tachos... outros na sala a gritarem - ou não - pelo SLB... Outros no quarto a fazerem não sei o quê porque não se percebe que as luzes estão desligadas... um ou outro na sua vida socialmente activa no facebook até que... ah-ah! Casa da Peixa. Piso de cima: Mãe e filha na casa-de-banho. Piso de baixo: Eu na casa-de-banho a lavar o aquário das tartarugas. Piso de cima: mãe a falar com a filha carinhosamente, como ela é linda e fofinha e os olhos da mãe. Piso de baixo: eu a esfregar a casca das tartarugas e a dizer-lhes mimosamente que estão grandes que nem porcas, que são umas fofinhas para a dona.

    Enquanto umas dão banho às filhotas e as mimam, dizendo-lhes que as adoram... outras limpam e esfregam as cascas das tartarugas e dizem-lhes igualmente que as adoram...

    ... (pausa. silêncio. suspiro. risota torcista)

   Como disse hoje a uma amiga, começo a sentir-me uma espécie de "velha dos gatos", mas invés de gatos - que me fazem alergia by the way - sou a moçoila das tartarugas e dos aquários. Oh santa pachorra! :)

27.03.12

Que coisa pá!

frito e escorrido por Peixe Frito

  Há pessoas com o péssimo hábito de aplicarem a palavra "borda" ou "bordas" a tudo. É a borda do tabuleiro, a borda da mesa, a borda da televisão, a borda do material, as bordas da imagem, a borda da janela, a borda disto, a borda daquilo...

   Sabem que mais? Olhem borda da borda pá.

27.03.12

Grand'a galo... M-E-D-O!

frito e escorrido por Peixe Frito

   Há uns tempos atrás...

 

   Confusão instalada.

   - Andaste a mexer no meu perfume?

   - Eu?? Não andei nadaaaaa...

   - Andaste andaste! Está aqui um pivete que não se pode!

   - Oh paiiii não andei nada (choros).

   - Já te disse para não mexeres no meu perfume!!

   - Mas ó pai eu não mexiiiiii (choros).

 

   Tempos mais tarde, no same spot...

   

   - Ih cum caraças pá, andaste a tomar banho de perfume não?

   - Não, por acaso até nem meti perfume hoje.

   E, no meio daquele silêncio e entre as minhas caretas de «oh sim deve mesmo ser verdade» e os meus pensamentos de «pois pois, mandas cá um tufo» ouve-se um valente "pfffffffff", proveniente do ambientador do aquário-mor. (snif snif)... 

   - Olha lá... Belo perfume o teu.

   - Então??

   - Não admira nada que o miúdo dissesse que não tinha andado a mexer no teu perfume... Era o ambientador da casa-de-banho!!! 

   - ... 

 

   E sim meus caros... É verdade. A semelhança é estrondosa. M-E-D-O. Uma pessoa a pavonear-se na rua e alguém lhe dizer:

   - Cheiras bem! Que perfume é o teu?

   - Er... Ambi Pur casa-de-banho, frangrância dos bosques!

 

    Entre o Ambi Pur e este, venha o diabo e escolha. Ainda bem que não é com o meu perfume e que não é "fragrância da terra"!!

25.03.12

Sinceramente...

frito e escorrido por Peixe Frito

   Num jantar de família, depois de se abastecer, o Piolhinho vira-se para mim, a escarafunchar os dentes:

   - Tia Peixa... tens aí daquilo?

   - Hum... Aquilo o quê?

   - Daquiloooooo.... - e vai de tentar tirar uma coisa entre os dentes.

   - Aquilo é um bocado vago. Aquilo mais exactamente o quê??

   - Oh pá... - escarafuncha escarafuncha - aquilo... para os dentes!!

   - Fosga-se... aquilo o quê???

   - Aquilo... Não sei como se chama... Não sei quê dentário...

   - Fio dental?

   - Acho que é isso!

   - Têm... - responde uma alminha iluminada - No rabo!

   - ...

 

   Pronto. E é assim que as crianças ficam traumatizadas.

22.03.12

Gajos, pá! (esta têm bolinha)

frito e escorrido por Peixe Frito

  Porque será que raio de mania têm alguns gajos, de irem "pintar a poltrona" nas casas-de-banho interiores das suites dos quartos principais, deixando o valente tufo a impestar não só a casa-de-banho mas também o ninho-do-amor, invés de irem a outra casa-de-banho?

21.03.12

Ainda bem que é duro de ouvido

frito e escorrido por Peixe Frito

  - Prefiro usar aquilo invés disto pá! É que esse escarra um bocado...

  - Estraga?

  - Estraga, estraga...

21.03.12

Estou mesmo queimadinha...

frito e escorrido por Peixe Frito

   Não há dúvida que eu e os bichos, temos uma relação de proximidade muito grande. Onde quer que eu vá, pimbas, lá está um a empecilhar-me. Desta vez, foi um acaso do destino - ou uma alma com mãos de elefante - que nos colocou, a mim e ao bicho, nas mesmas circunstâncias:

   Ora, lá vou eu lampeira para me ir embora de um local, coloco a minha barbatana na maçaneta, rodo, puxo amávelmente e a porta nada... "Oh então catano? Não abres??" Mais uma tentativa, até ia arrancando a porta. Nada. Decididamente, uma alminha iluminada trancou a porta e agora olha... nicles. Olho para o lado e tenho um bruta aranhãozorro mesmo ao meu lado, no chão, virado em direcção da porta.

    Que aconteceu? Não, não o pisei... Deu-me para pior:

    - Entãoooo... Também tu não consegues abrir a porta, com essa pataria todaaaaa? Quilharam-te não foi?? Ah pois éééé...

    E lá fui eu, por uma porta num outro lado. A aranha? Essa, lá ficou no mesmo sítio...

19.03.12

Aquele veio com extra...!

frito e escorrido por Peixe Frito

  Deve ser mesmo agradável, tirar um café, mexê-lo com a palheta... cheirar o seu aroma forte e envolvente... bebericá-lo... e... chegarmos à conclusão que há algo estranho no café que não é café - nem açúcar.

  E agora?... Que será? Não sei... Who cares? Foi de penalty!

  Gajos pá... -.-

16.03.12

Um mal nunca vêm só...!

frito e escorrido por Peixe Frito

  Além da probabilidade de ficar com os coiratos em banho maria ser reduzida, qual é a probabilidade de, ainda dentro da anémona, depois de uma noite bem dormida e bem quentinha, afofadinha e confortável, a sentirmo-nos muito fofi e de bem com o mundo ("Bom dia flores! - "Bom dia Peixaaaaaa"... "Bom dia passarinhoooos!" - "Bom dia Peixaaaaa"... "Bom dia nuvens carregadinhas de águaaaaa" - "Bom dia Peixaaaaa"... "Bom dia colecção de macacos!" Hey, pára tudo! Colecção de macacos? eheh Descansem, não sou nenhum Stimpy, ok??), de me espreguiçar e ter uma cãimbra num braço e outra num pé... ao mesmo tempo?? E... e... ficar com um torcicolo no pescoço??

  Hoje vai-me acontecer algo de muito bom... ai vai vai... -.-

16.03.12

Que fina... "Oceano" privado... ui que chique!

frito e escorrido por Peixe Frito

   Qual é a probabilidade, de ficarmos com um ouvido atestado de água, depois de tomarmos banho?

   Ok, eu sei que o banho envolve água - naturalmente, se bem que existem banhos-de-sol - mas é um grande galo sair da banheira, baixarmos a cabeça e começarmos a ouvir as ondas do mar. Não ando propriamente a dirigir o chuveiro em direcção do meu ouvido, por muito que preze uns abanos bem limpinhos e asseadinhos. É agora andarem-me a ver a colocar a escama no ouvido e abanar a mesma para a água sair. Belas figurinhas. Até já tentei tapar o nariz e "respirar" pelo mesmo, a ver se dá um "estalo" e a água sai. O único "estalo" que oiço, deve derivar dos meus macaquinhos-do-sótão estarem a rejubilar de alegria e estarem a mandar grandes chapões para a água - devem pensar que é verão, de certeza.

    Não hei-de eu andar com problemas de "ómidade"... No fundo, esta situação é um milagre! Não é por eu ter tomado banho, mas pelo facto de que com a quantidade de furos que eu tenho nas orelhas, mesmo assim, conseguiu-se formar um lago no seu interior!

15.03.12

Olha que realmente...

frito e escorrido por Peixe Frito

   - Então mas porque é que têm de ter o Messi e o Cristiano Ronaldo?

   - Porque são os melhores do mundo!

   - E não pode ter outra coisa...? Tem MESMO de ser o Messi e o Cristiano Ronaldo?

   - Tia Peixa... tu não entendes. És menina!!

 

   Ai... Santa pachorra -.-

14.03.12

Agora deu-me para isto...

frito e escorrido por Peixe Frito

   Aprendi a suspirar, e agora não quero outra coisa. Meia volta e lá dou um suspiro. Não, não é de amor, não é de tristeza... sei lá... suspiro! Mas tenho de parar com esta mania, que anda por aqui uma mosquinha a voar nas redondezas, e não vá esta ser "aspirada" à socapa.

   Por falar nela... Onde anda ela? Não a vejo...!! ups...!

14.03.12

Que românticoooo...!

frito e escorrido por Peixe Frito

   É de observar, um casal de velhotes que estacionou o carro numa zona com arvoredo, num terreno assim mais deserto e razoavelmente distante da estrada principal. 

   Diz uma alminha iluminada:

   - ahah!! Olha só o velho e a velha!!

   - Olhó velho levou a velha para a mata!! - remata outro.

   - Com um carro vermelho, olha que não foram lá muito discretos!

 

   E pronto... é assim que duas alminhas se divertem, espiolhando a vida alheia.

   Já não se pode estar descansado... possas!

13.03.12

Que pontaria...

frito e escorrido por Peixe Frito

   Usar meias com buraquinhos e no meio dos mesmos... conseguir encontrar um buracão.

   O que vale é que disfarça...

13.03.12

Eu e a minha mania de ser desmancha prazeres

frito e escorrido por Peixe Frito

  Uma cadeia de lojas conhecida, decidiu utilizar o Wally nas novas t-shirts. Eu adorava o Wally. Tenho livros, imensos livros - ehhh tambem nao sao assim tantos, uns tres ou quatro! Foram muitas horas à procura do Wally, dos livros, da bengala, do ronhónhó número 1, do ronhónhó número 15, e aí por diante. Ou seja, sou uma Peixa "batida", no que toca ao Wally.

    Numa das ditas tishértes, vê-se uma imagem típica do Wally: mooontes de populaça e algures... lá deverá andar o Wally.

   Estou eu a observar as ditas tishértes, e diz aqui a Peixa:

  - Olhaaaaaa tishértes do Wally!! E agora, onde está o Wally?? - cinco segundos depois - Ah... Está ali. - voz de desapontamento.

  - Aonde?

  - Ali... - e aponto com a escama - pffff... assim já não têm piada.

  - Ah...

 

   Bem que podiam ter feito um "excesso" populacional que desse mais pica, não? Pronto, assunto arrumado. As tishértes já não têm piada. Neeeext!

12.03.12

Quem mais chora menos mija...

frito e escorrido por Peixe Frito

 ... Sempre disse o meu paizinho Adamastor, com a sua infindável e consoladora sabedoria. Ainda neste fim-de-semana me lembrei solenemente deste ditado, principalmente depois de ter andado a substituir a água do aquário por cerveja. "Qual é a ligação?", pensam vocês. Pois bem meus caros, sabe bem quem bebe uma cerveja, o efeito diurético que aquela bebida produz nas alminhas que a consomem. "Continuo sem perceber que têm o rabo a ver com as calças...". À conclusão que esta mente brilhante chegou foi que, se quem consumir muita cerveja se meter a chorar desalmadamente, será que vai menos vezes à casa-de-banho? Dava jeito... Bem, ao gajedo nem por isso, começavam todas a parecerem o Eric Draven (meu rico Brandon Lee...) com o rímel todo esborratado. No caso dos gajos, eh pá, pode soar muito mal, chorarem como se não houvesse amanhã... mas no fim da noite ainda poderiam ir para casa acompanhados (não propriamente pela cadela) mas por uma gaja de coraçãozinho mole, que achou que vocês estavam a passar um mau bocado e resolveu consolar-vos... quando na realidade, apenas estavam a economizar as solas dos sapatos, nas idas à casa-de-banho.

  Pensem comigo, só trás vantagens:

  - Além da óbvia situação de irem menos vezes à casa-de-banho, que por vezes estas idas e idas e idas e idas (ufff) até pode causar algum transtorno, principalmente se andarem de macacão vestido... como a je;

   - Ficam com os vossos olhinhos mais limpos e lubrificados, sem romelas nem nada do género, poupam tempo a lavar a cara;

   - Poupam no papel higiénico, na água que iriam gastar a descarregar o autocolismo, bem como no sabão que iriam usar a lavar as mãos (quem o faz, naturalmente, mas isso já é outro tema) eeeeee (sim ainda poupavam mais) sem frisar as árvores que iriam ser poupadas a uma ceifa brutal, só para o papel para limpar as vossas delicadas mãos após a sua lavagem, ou no caso do secador para as mesmas, menos consumo de electricidade;

   Ou seja, resumindo e baralhando, o planeta agradece e só beneficia com esta situação.

   E se estiverem a intrujar uma moça ou moço, num encontro, sempre vão beneficiar mais da companhia do outro, sim que as idas à casa-de-banho são uma seca, encontrar as casa-de-banho com fila, esperar com a bexiga "aos berros" e depois de tudo, voltar para ao pé da pessoa se essa ainda estiver no mesmo sítio onde a deixaram... já deve ter raízes e teias-de-aranha.

   Ai... o que não faz uma pessoa ser preguiçosa, e não lhe apetecer ir novamente à casa-de-banho...

09.03.12

Gajos, pá!

frito e escorrido por Peixe Frito

  - Tenho uma coisa nos dentes. Já andei a escarafunchar com os palitos e nada!

  - Eu tenho fio dental, se quiseres.

  - Fio dental...? Hum...

  - ...

09.03.12

Tenho de abrir um zoo...

frito e escorrido por Peixe Frito

  Adoro apanhar sol. Assim, numa pausa que possa de facto fazer, gosto de ir apanhar solinho nas escamas, a ver se afugento o bolor e a ómidade da cabeça. No outro dia, vou eu lampeira tentar apanhar uma réstia de solinho, e oiço restolhar ao pé de mim. Assustei-me pois está claro. Ali mesmo ao pé da minha barbatana... "Ai o caraças pá... que bicheza anda para aqui?" Espreitei e tal, olhei para cima, baixo, lado, até na diagonal (só não espreitei a fazer o pino) e não vi bicheza nenhuma. E não vi nada. Ainda pensei que fosse um rato, mas nada. Deixei-me ficar. Ahhhh que bom este solinhooo... Não tarda, e comecei a sentir-me observada. Olho assim... como quem não quer a coisa... ah-ha!! Pois ééé... Uma senhora dona tixa estava ali à coca!! Ao que parece, a miss também estava ali a apanhar solinhos e assustou-se cá com a Peixa. "Córrore!!! Uma Peixa fora de água!!!", deve ter pensado a tixa quando me viu e até arrancou alcatrão na fuga.

   E ali ficámos. Eu a apanhar sol, e a tixa a controlar-me.

   Vá lá... Até foi razoavelmente pacífico, com a sorte que eu tenho tido com a bicheza. Lá no fundo, eu até gosto de tixas, não sei é se elas partilham da mesma opinião, em relação a mim.

Pág. 1/2

sobre a Peixe Frito

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

douradinhos frios

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D