Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Alguém anda com altas connections, porque pontaria assim... Cheira-me a esturro!

06.04.20, Peixe Frito

Sabem que as videochamadas andam na moda. E é natural, pois andamos todos - ou quase todos, que há umas arvéolas que não respeitam certas directrizes mas deixamos essa situação à velho do Restelo em banho maria nos entantos - confinados aos nossos lares e há que amansar as saudades e o convívio de quem nos toca ao coração, através de vermos as fuças uns dos outros... uns despenteados, uns de pijama, outros de robe, outros de cabelo a parecer um microfone e outros com pêlos do nariz meio suspeitos. Há de tudo.

No meu caso, quando me ligam, eu estou sempre a fazer alguma coisa: ou a tratar da roupa ou do jantar, a limpar ou arrumar. Na casa-de-banho ou no sofá a ver um filme, que me faltam apenas 30 minutos e está a ser emocionante, porém tenho de esperar outros 30 minutos até poder retomar... é assim a vida. O timming é mesmo tudo. E eu que o diga, que umas das mais recentes videochamadas que recebi, tinha eu o telemóvel pousado num banquito da praxe da casa-de-banho, água a correr e eu a preparar-me para ir tomar banho, nuazita quase como vim ao mundo - sim, que eu estou cá com um cabelaço, que se tivesse nascido com esta piruca toda, mais parecia era que a minha mãe estava a parir um novelo de lã, do que uma criatura formosa como a je - e começa o raio do telemóvel a tocar, com videochamada em grupo! Eu apenas olhei para o ecrã e fugi logo, não fosse o meu olhar accionar algum comando de aceitar a videochamada na tela sensível do telemóvel e aquela cambada me visse naqueles preparos.

Ainda por cima, era uma cambada de amigos gajos. Era lindo, nera? Eu sem querer aceitar a chamada, só pelo simples facto de a ir recusar para dar impedido e aquilo virar o bico a prego.

Estas novas tecnologias, têem muito que se lhes diga! Se uma pessoa não têm cuidado, aquilo ainda para ali resvala e mostra mais do que o que deve!

Naturalmente, foi motivo de risota e as respostas eram que eu podia ter atendido na mesma. Claro. Mas vesti-me a primor! Com um pijama macacão com padrão de cupcakes amarelos e rosas, ui ui, que estava cá com uma pinta que só visto... ou não!

Uma prova de que não sou só eu que ainda tenho os miolos presos ao século passado.

06.04.20, Peixe Frito

Escrever "videochamada" e o corrector ortográfico sugerir "videocassete".

Ó senhor... então mas você não sabe que as videocassetes são do tempo da outra senhora? Isso já nem se fabrica pá!

É nestas alturas que me sinto a ficar carcaça culta. Não é todos os dias que sabemos palavras que os correctores ortográficos não sabem.

Nos valha a inocência das crianças.

06.04.20, Peixe Frito

- Tia Peixa - diz a rabinho pequeno via videochamada, com um terrível apito amarelo ao pescoço que, mal o vi, me benzi logo, pois se há coisa boa para dar às crianças, é precisamente um apito - Vamos brincar ao jogo do Apita o Pito?

- Ao quem?

- Ao Jogo do Apita o Pito!!

Devo dizer que não obtive nenhum manual de regras nem explanação conclusiva, espremendo sumo nada saiu, de como se joga este jogo. De título sugestivo, afinal o que é o Pito e apitar... porquê? Que anda o Pito a fazer para ter de ser apitado ou levar uma apitadela??

Alguém me sabe elucidar que raio de jogo é este? Já parti a cabeça toda e nenhum modo de jogo me parece viável a petizes.

Ora, há com cada uma. Miúdos...