Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ficavam com a pilha carregada e a corda toda.

26.06.20, Peixe Frito

- Onde é que estão os panos electroestáticos*?

Haveria de ser bonito. Invés de limpar as partículas dava cada esticão à malta, que até deitava fumo e andavam de lado.

 

*anti estáticos.

Isto é o demónio a tentar-me.

23.06.20, Peixe Frito

Eu não sou muito dada a vinganças ou a mesquenhices mas confesso, que meia volta, os diabretes me tentam. Ora, vejam a situação:

- Caixa do café na copa da empresa, de onde toda a gente tira o seu cafézito para o colocar na máquina e degustar. Vai aqui a alminha que, não aprecia muito café mas que nessa altura excepcionalmente apetecia, seja fosse porque o tempo está mais fresco e não tinha cházinho para bebericar, seja porque um café até cai bem com umas fatias de pão saloio barrado com manteiga - foi dia de loucura. Pão com manteiga e café, onde tinha eu a cabeça? O mundo está a ruir e ninguém está a notar!!! - Adiante na situação! Então, fui eu lampeira lavar a chávena do chá e pronta para tirar um coffee e... nada de pastilhas para a máquina. Ora porra, logo hoje que me apetecia um cóf. Pois bem meus queridos, foi uma personagem que só aparece na empresa uma vez por semana, daquelas aves raras e que fazem tanta falta como a fome, que tirou a última pastilha e nem disse a ninguém. Tirou o seu café e borrifou-se para o resto da malta. Não avisou ninguém, o próximo que fosse buscar café ou se preocupasse com isso. E ele que passou pelo pessoal com o seu café na mão, nem ai nem ui.

O que é que este ser merecia - além do óbvio chuto bem dado naquele cú?

a) Chegar da próxima vez e não ter café no dispensador das pastilhas, a ver se ia reclamar que não há café para o menino beber - como é, às tantas nem iria dizer nada e ficaria sem beber café. Admirem-se. Eu não.

b) A malta não sair ali da zona, pois ele não vai beber café enquanto os outros colegas estão na copa.

c) Lhe dar um calduço e dizer-lhe que deve achar que os outros são todos criados dele, se lhe caía a mãozinha por repor o café ou a linguinha não sabe proferir sons que possa emitir aos colegas que acabou o café.

É que é tão tótó, que não entende que toda a gente sabe que foi ele que fez aquilo. Os colegas falam todos entre eles e entendem sempre quem foi, quando há algo incomum. E ninguém têm atitudes destas, todos funcionam em equipa. Até na porra do café para não faltar ao próximo.

Ainda por cima, ele foi o último a tirar café. Oh pá, ó senhores, a sério? Custa muito dizer alguma coisa?

Pelos vistos, deve criar postulas na língua ao se ser educado.

Eu já quase pareço um queijo suíço, quanto mais assim!

22.06.20, Peixe Frito

Uma criança não querer mudar de brincos - ainda tinha os com que furou as orelhas - porque achava que tinha de voltar a furar as orelhas, para meter brincos novos.

Se fosse assim, estávamos bem tramados! Eu então, como me disse uma vez o Pai Adamastor, que qualquer dia bebia água e pareceria um coador... se a cada vez que mudasse de brincos, tivesse de furar, havia de ser bonito.

Ficava logo com as malinhas arrumadas à porta, mais depressa do que o caraças mais velho.

19.06.20, Peixe Frito

Estar a tirar a pen drive do patrão do computador e, como não era minha e estava na companhia do patrão à espera que lhe devolvesse o dispositivo, naturalmente que tive de fazer o "retirar em segurança" antes de a puxar desalmadamente da entrada usb, só que, sendo eu, nem este simples processo... seria simples. Invés do "ejectar em segurança" cliquei no "formatar". Sorte que a acção seleccionada questiona sempre que nem uma criança de cinco anos na idade dos porquês, se queremos MESMO formatar o dispositivo. MESMO. E eu... MESMO #sóquenão. E disse ao patrão:

- Ia sendo... Agora formatava-lhe a pen drive cá com uma pinta, que todos estes documentos iam ao ar em três tempos.

Ainda nos rimos os dois (riso nervoso e riso amarelo, com olhar de esguelha à mistura)

O quanto não vale ser gaja a minha naturalidade e espontâneadade de dizer e me rir das minhas próprias cenaices.

O poder que existe num simples click. Podia ter mudado a minha vida naquele instante. Na próxima e por causa das merdas, vai logo de puxão à socapa, qual "ejectar" qual o caraças. Isso é para meninos cujos paizinhos lhes pagam as contas e não para as pessoas que podem perder o sustento, por clicarem na opção menos recomendada.

Pensamentos, à beira do fim-de-semana.

19.06.20, Peixe Frito

Estar ao pé de colegas e sentir um cheiro, que faz lembrar o tabaco de um deles. Depois de reflectir um pouco - segundos - pensar que afinal parece mesmo que cheira é a chulé. Assim a roçar aquele aroma das tiras de milho, sabem do que falo?

Resumindo: Ou alguém têm os pés a cheirar a tabaco manhoso que mais parece o cheiro de rabo mal lavado serradura ou cão húmido ou o tabaco rocócó de terceiros, cheira mesmo é a pés que cuja palavra "sabão" não consta no seu léxico.

Venha o diabo e escolha.

Caso se perguntem, não, não apurei o cerne da questão. Mas também vos digo: com o calor a chegar, vai ser difícil de perceber mesmo. Só aí para o inverno é que talvez terei a resposta a este enigma. Talvez. Porque no inverno chegam as meias mais grossas, o que para os ambientadores aroma esfregona molhada, é excelente.