Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Sinais do fim dos tempos.

16.07.20, Peixe Frito

Quando até comer uma bolacha, nos faz calor.

Ninguém merece. Já nem petiscar se pode, sem que o calor meta o nariz.

Conseguem ser uns verdadeiros pica miolos.

16.07.20, Peixe Frito

Está uma pessoa em um momento de relax, quando de repente...

- Ó pai! De onde é que vêm toda esta água do oceano?

Ainda consegue ser mais simpática, do que a pergunta de como é que o pai colocou a mana na barriga da mãe.

Falam de uma maneira, como se fossem donos de toda a experiência de vida!

14.07.20, Peixe Frito

- Tia Peixa... tu já te casaste, não precisas de te casar outra vez.

Debitam estas coisas e uma pessoa fica assim a modos que... coiso. Mas ela está lá... Ó se está  

De vez em quando, mandam umas pérolas de sabedoria. Sacam de cada uma, cada coelho que salta da cartola quando menos se espera.

Bem que estas gerações mais novas, já trazem upgrades além do que a nossa compreensão alcança. Eu, com a idade dela, na minha santa ingenuidade de peixinha alevim, lá sonhava com casar quanto mais com o que fosse.

Falar por código, é o must.

14.07.20, Peixe Frito

- Ó tia Peixa, do que são os teus olhos?

- De batatas fritas e gelatina.

- (risos) Não são, não! São de gelado!

 

A trapalhona queria perguntar de que cor são os meus olhos e depois deu nisto. Parece uma conversa entre duas maluquinhas  Adoro.