Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

E eu que pensava que não havia nada mais ranhoso, mas afinal...!

11.07.10, Peixe Frito

   Como é sabido, eu tenho um grande amor por melgas. Mas um amor tão grande, que sempre que vejo uma, não resisto em lhe mandar uma pantufada. Amo de coração, como já referi aqui algures na fritadeira, aquelas que gostam de brincar às escondidas a meio da noite! Ui... É tão agradável acordar com o zum zum de uma melga, mesmo a meio do sonho com o Jensen Ackles...! Bem...! Mas sabem, descobri algo pior que as melgas. E este não vai lá com pantufadas! Sim... fujam para as montanhas! Protejam as crianças!!! Medoooooo muito medooooo!! Sabem o que é?... Sabem sabem?? Os bichos da madeira. Sim, os bichos da madeira! Tenho um filho-da-mãe na cabeceira da cama, que se lembra de encher o bandulho à noite! Eu bem que abano a cama... bato na cabeceira... faço trinta por uma linha... até já ponderei em puxar fogo à cama, e o tipo nada... Durante uns segundos faz silêncio, mas depois volta à carga. Ainda ando a topar se o gajo aparece à janela, mas não o consigo ver...! ;)

    O pior disto tudo, é que além de eu não dormir, do tipo fazer um chinfrim desgraçado, de eu me andar a armar em tremor-de-terra e acordar os vizinhos de baixo que devem pensar que eu ando na ramboiada às tantas da madrugada - a cama chia por todos os lados quando me movimento, e eu que pensava que era de estar gorda, mas afinal... já sei quem é o culpado - eu tenho o hábito de pendurar os meus fios ultra fashion na cama... e uns são de madeira!! Já viram se o bicho os descobre?? É o fim da macacada! Das duas uma: Ou fico com os fios a parecerem queijo suiço, ou começo a passear com um novo bicho de estimação! Raio do bicho... Nunca mais morre com uma farpa atravessada!!!

largar posta:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.