Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó cum catano pá!

29.11.10, Peixe Frito

   Para os mais distraídos, têm estado um frio de rachar ao meio a cabeça de qualquer um, de congelar os macaquinhos-do-sótão em segundos, capaz de me fazer perder alguma escama e eu nem sequer dar conta, ou até mesmo, de fazer com que uma gelatina fique sólida sem necessitar de ir ao frigorífico (olha que bela dica, hein? Já vos fiz poupar energia, à pala do meu fantástico conselho, ou não foi?). Este tempo assim mais frio, pede a velha "comadre" - como é apelidada carinhosamente cá pelo aquário - ou seja, o saco-de-água-quente. O belo do saco-de-água-quente, que muita gente não admite usá-lo no Inverno, por receio de ser achincalhada, gozada, chamado de "velhadas" pelo resto dos comuns mortais - diga-se de passagem, assim só de passagem, que muitos desses comuns mortais têm a bela da botija na caminha, ao deitar, ah pois é, seus estafermos, sim que eu sei!!! :D -  mas eu admito que uso. E sim, adoro. Mesmo muito. Meeeesmo. Só não acho muita piada quando tenho de calçar dois pares de meias para não escaldar as escamas, mas de resto... Fenomenal :) Tirando no outro dia, que me aconteceu algo muito estranho...  (música dos X-Files) Estava eu toda contente, a desfrutar do calorzinho emanado por aquela bela (o amor é cego) botija-de-água-quente, cujo forro aos patinhos bordados em ponto cruz lhe dá um certo charme característico, e ainda me faz gostar mais dela. Ai, ai...! Bom, adiante! Estava eu refastelada na cama, com a "comadre" aos pés, e heis que... começo assim a sentir um extremo calor nas barbatanas, e não, não era o Jensen Ackles a fazer-me massagens, nem o Jared Leto a aquecer-me os pés (antes fosse)! O raio da "comadre" tramou-me. Foi uma conspiração da "comadre" com o universo! Pelos vistos, a "comadre" já era tão velhadas, que começou a sofrer de incontinência! Pois é... o quentinho era mesmo a "comadre" a desfazer-se. Escusado será dizer, que a sacana mal "abriu" a torneira, nunca mais a fechou. Resultado: Tenho uma ligeira queimadura na barbatana. E que mais?? Uma beeela de uma poça na minha cama - É... sabe sempre bem... - Cá está, velhadas pá! A sacana não a fez por menos! Estava a ver que tinha de ir calçar as galochas e buscar a minha bóia com um patinho-de-borracha! Fiquei desolada. Se a minha "comadre" me queria dizer que eu devia ter lavado os pés, que já cheiravam a queijo-da-ilha e andavam a atrair bichos alados, podia tê-lo dito de uma forma mais amável, ou não acham? Escusava de me ter "regado" daquela maneira...!! Quando julgamos que os conhecemos, tsc tsc.

2 comentários

largar posta na fritura