Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Horror matinal...!!

05.03.12, Peixe Frito

   Chega a Peixa ao pé da sua viatura, feliz e contente, aos saltinhos, com o cesto debaixo do braço a mandar florinhas para todo o lado, só porque é bem cedo e é mais um dia de trabalho que se avizinha pela frente, e... Pára tudo! OMG!

   Vou-vos descrever com o que estes lindos olhinhos que a terra há-de comer (ou não) se depararam: De noite caiu uma "ómidade" terrível. Evidentemente, o meu Peixmóbil estava todo coberto de uma graaaande camada de "ómidade" e, ao observar a viatura ao longe vejo uma enoooooooooooorme ausência de "ómidade" em todo o comprimento da minha galante viatura... Já estão a imaginar, não estão? Fiquei estática. E com ar similar a esta criatura:

     Legenda: "Fosga-se, não me digas que me RISCARAM O CARRO!!". Ai mãe... Fujam que a Peixa está a entrar em embulição!!!

     Chego, com os olhos a faíscar, pé ante pé, a observar bem de perto o Peixmóbil... de uma ponta a outra... da outra para a ponta novamente... da ponta para a outra... É nestas alturas que dava jeito uma lupa, mas adiante... Passo o dedo lá em cima... esfrego uma escama na outra a investigar que era aquilo... constato que aquela ausência de "ómidade" não foi risco nenhum... Foi o raio de um caracol ou de uma lesma, que decidiu fazer do meu carro uma auto-estrada! - andaram nos picanços logo de manhã, os descarados!

    Até hiperventilei... Virei Peixa-Balão em fracção de micro-ico-ico segundos! Raios partam mais aos bichos! Não tinham mais para onde irem "ranhosar"?

6 comentários

largar posta na fritura