Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

O bólide tuga ataca (II)

16.06.08, Peixe Frito

    A pedido de muitas famílias, aprofundei um pouquito mais o tema em epígrafe (mas que bem). Qualquer coicidência com alguém que conhecem (ou vocês mesmos), é mera coicidência. lol

 

   Ah... mas eu adoro observar a decoração dos bólides tugas: é tradição o tal cãozinho-que-abana-a-cabeça-enquanto-o-carro-está-em-movimento no vidro traseiro (tuga que é tuga têm o cãozinho!), aqueles "corta-sol" que se desenrolam (ou que raio se chama aquilo) com o leãozinho, a águia ou o pôr-do-sol na savana (já vi uns originais, com a fotografia dos proprietários do carro impressa naquilo), os peluches aos porquinhos e aos gatinhos no tablier (sim, leram bem), ou até mesmo aqueles forros de assento com bolinhas de madeira (isto dá jeito: faz massagem enquanto se conduz). E existem aqueles mais religiosos, com a foto de Jesus no tablier ou a de Nossa Senhora de Fátima, com o terço pendurado no retrovisor e com a ferradura debaixo do assento.

   Lá no fundo, bem no fundo, esta é uma decoração que serve para evitar o carjacking: os ladrões até ficam com vergonha de fugir com o carro.

largar posta:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.