Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Anúncios que deviam ser radioafónicos

08.07.08, Peixe Frito

 

    Eu gosto de ouvir rádio, (apesar de ter de gramar com alguns lucotores sem gracita nenhuma, e ouvir as mesmas músicas vezes sem fim...), mas,  pior que às vezes ter de ouvir James Blunt e a missa (depende da rádio ), é mesmo a parte dos anúncios... Aqueles da "Qualidade têm dois "q"'s: Qualidade Quercar" (ou como se escreve lol), ou uns que haviam do "Bacalhau Pascoal" : "Hoje é dia de Pascoal, Bacalhau com natas, bacalhau com natas!" - que todos os dias da semana era uma confecção diferente -, o do Millennium - "Gostava de crescer como tu, mas na conta e outros maus, muito maus, como os das revistas das fofocas, onde anunciam as manchetes: "Fátima Lopes está a fazer um tratamento de infertilidade"... (poupem-me destas coisas - por causa disso é que só compro a National Geographic e a Blitz).

     Mas o melhor que há no ar ultimamente, é mesmo o da Depuralina: O modo quéque e anasalado que a senhora fala, é de partir o côco a rir:   

    - "Eu tômu Depúraliná. (...) Há em diêtéticás, farmáciás e êrvanáriás";

    Será que, quem contratou esta senhora para dar a voz ao anúncio, não se apercebeu que as pessoas ficam com receio de tomar a Depuralina, e ficarem a falar assim também?

     Das duas uma: ou o produto é muito caro e só as tiás é que o podem comprar, ou com uma voz daquelas, deve ser  filha do dono da estação da rádio