Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Armado em púdico... Até parece que já não lhe deve ter passado pior pelas barbas! (com bolinha)

16.11.18, Peixe Frito

autocorrect-has-not-yet-figured-out-how-often-i-sw

Que mania que o corrector automático dos telemóveis, têm de se meter nas conversas das pessoas! A embirração de hoje, é que só corrigia uma palavra para "colchões". A moça bem digitava a palavra e ele "colchões". "Colchões", "colchões". Das duas, três: ou anda armado em puritano ou anda com algumas falhas de informação no que toca ao corpo humano masculino ou está a armar-se em Paula Bobone dos correctores ortográficos - olhem lá o nível, purezas. Ao menos, que se é para meter a sua colherada, que fosse para contribuir, não para se armar em freira. Têm algum jeito uma pessoa dizer a outra:

- Já estou para te mandar um áudio à colchões.

ou

- Está um frio dos colchões.

Já não se pode escrever uma sms à vontade! Onde está a liberdade de expressão? Abaixo o maior causador de cabelos brancos, roer de unhas, mal entendidos e fazer as pessoas passarem por maluquinhos com palavras non sense pelo meio das conversas! Que se chegue à frente, a alminha que se lembrou de inventar essa porcaria.

44442055_1937034806383641_7849097496960112944_n.jp

E se uma pessoa quiser mandar uma sms sexy à sua cara metade? Estou para ver o corrector automático:

- Meu querido, logo espero-te em casa, com collants até ao pescoço, camisola de manga comprida, cachecol, gorro, luvas, casaco comprido e botas até ao joelho, de modo a que possamos ter um serão de amor tórrido, a ler a Bíblia ou a ver programas de história com o Dr. Hermano Saraiva. O sangue até te vai ferver nas veias, quando vires o serão que preparei, vais ficar insano de tanta doideira e maluquice desvairada.

18 comentários

largar posta na fritura