Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Desafio Caixa dos Lápis de Cor | #8 Cor-de-rosa

11.03.21, Peixe Frito

eef6f11a234ce78d42bdcef618b5f6ba--pink-hearts-two-

Awww a Peixa vai escrever alguma coisa fofinha, desta vez  Pois, #sóquenão. Espero que tenham estômago de ferro, que ninguém esteja igualmente de dieta, que isto promete!!

Cor-de-rosa... - Sim, ainda sou daquelas que escreve assim! - A cor das flores, do romance, das gomas, dos leitõeszinhos, do pudim boca doce, do meu bronze quando eu começo a ir à praia e apanho um escaldão... Só associações boas que enriquecem o meu coração!

Ora, eu tenho algumas questões relacionadas com a cor rosa. Não sei bem explicar o porquê, mas ver algo cor-de-rosa, dá-me vontade de o morder - não tudo, okay? Há limites até para a minha pancada. Apesar de desenfreadamente me apetecer dar umas trincadelas valentes, sou bastante selectiva na situação. - Talvez seja da vibração da cor, talvez seja porque todos os dias de manhã é um novo dia, ou mesmo somente porque a humidade poderá afectar o meu cérebro desde idade muito tenra e tenho de tomar menos vezes banho. 

6bede05120a720eae9f4ac066687e1be.jpgpink-velvet-cake-featured-500x375.jpgf32af1fe5954dc696d36edcaa17e3f73.jpg

Este é amarelo, mas apetece dentar na mesma: 

3c5dda97bca9e3d80987999fe5ec0404.jpg

E, confesso... até tenho vontade de dentar isto:

8946830608_00cca07e8e_o.jpgHopkins-Rose-Nudibranch-scaled.jpg5-fairytale-pink-animals-that-are-real-1024x1001.jimage.jpg

Sei lá, pelo aspecto devem saber ou a morango ou a framboesa... Provavelmente, saberão à morte polvilhada ao que o diabo deve saber, mas fiquemos pela curiosidade, sim?

Por outro lado, isto nem por isso:

1a.jpg 8-5.jpg072c2150d14fda0d267d6bb1df310f80.jpgChinicuiles.jpg

Acho que o rosa têm um potencial inexplorado! É uma cor tão vibrante ou tão calmante, viajando do espectro da sensualidade aos arrepios-de-vergonha-alheia. Devo dizer que fiquei inspirada por esta cor, quando me deparei com determinadas coisas. Invejosa como sou, roí as barbatanas e tiveram de me agarrar pois não me consegui conter e queria tudo igual para mim.

0a5f9e8ff6150ef445cda972307cc48f--pink-pink-pink-punnamed.jpgweird-stuff-on-ebay-19.jpg

Chorei baba e ranho... principalmente porque achei que ia ser o show uma fatiota daquelas com aqueles ténis! Só o estilaço que eu ia ter ao sair da minha viatura forradinha a pelúcia, com aquela vestimenta! Provavelmente alguém iria pensar que um unicórnio vomitou lá dentro, mas ainda assim... Olhem queeee... Estou seriamente a ponderar!!

Nem tudo me dá vontade de trincar, de usar como farpela do dia ou me nauseia, que padeça de existir em cor-de-rosa. Só para pôr paninhos quentes na situação e para não aturar a malta a queixar que ficaram incomodados ou nauseados com a qualidade do óleo de hoje, partilho estas fotos:

12.jpgc37f07b455a37db428183ab67a3c4bdb.jpgpink-jellly-fish.jpgaxolotl-mexican-salamander-portrait-underwater-112

Agora algo completamente aleatório, dado que já desabafei das minhas entranhas - que também são rosadas:

Era uma vez, um casal que decidiu ter filhos. Naturalmente tinham de começar por algum lado e pronto, começaram pelo primeiro. Tudo lindo, belo e amarelo. Uma felicidade tremenda quando souberam que estavam de barriguinha recheada - penso eu... que isso deve ter-lhes passado aquando a criatura nasceu, mas adiante! - era compôr o enxoval, comprar coisinhas para o bébé que aí vinha e ia ser acolhido com todo o amor e carinho. Os papás não sabiam os sexo da criança e nem quiseram saber. Verdade seja dita, isto já se passou há uns anos onde não era assim tão fácil se fazerem ecografias e saber o que é que calhava na rifa e que género de espécime se encontrava no kinder surpresa, de modo que se apostavam muito nos métodos da forma da barriga, mau génio da mãe, contar pelas luas, para se saber se era menino ou menina. Sem falar, no sentir que as mães têem... que mãe normalmente sabe o que é que está a gerar na sua barriga - e não falo dos gases, que isso até o pai sabe e sente e partilha com todo o mundo.

A mãe sentiu ser menina, de modo que a maioria da roupa e merdices dessas, eram em cor-de-rosinha. Fofas e lindas, como as coisas para menina sabem ser.

Chegou o dia. A criança das trevas ia nascer. E... sai um gaiato! Pois é, a mãe estava com a bússola errada, a temática cromática estava assim um bocado desviada e o pai não se dedicou assim com tanto fervor para rachar - piada trolha do dia, sorry!. Resumindo: lá a criança andava de cor-de-rosa, apesar de ser um rapazote. Hoje em dia ele aceita bem a situação e ri-se, ao contar esta história - mais ou menos, né? Nenhum de nós estava lá para assistir à cena. Quer dizer, pelo menos, eu - Mas eu sei que ele leva as coisas com graçolas, porque foi graças aos anos de terapia que ele, coitado, teve de fazer, para superar a situação de que a ovelhinha amarela estava desaparecida e nem o Wally, mestre do disfarce, dava com ela.

Quantas crianças não há por aí, que andavam de cor-de-rosa sendo meninos e de azul, sendo meninas. Mais grave ainda, quando os médicos se enganam mais do que as tripas videntes das mães, e deixam os óculos em casa e vêem mal como a porra, dizendo aos pais que vão ter uma menina e depois sai um pilocas? Possa... Não têm nada a ver! Uma cenaice está para dentro e outra para fora, okay? E não estou para aqui a mandar postas de pescada relativamente a tamanhos e etc., que acho que seria uma piada demasiado óbvia, mas sim a evidenciar que rais partam, uma piloquita é uma piloquita, certo? Ou a criança têm ali algo pendurado e ninguém desconfia que seja algo indicador de ser um menino? Mas não... vão ter uma menina! Ah okay okay, "está para ali algo a navegar, ondular, ao sabor do vento, deixa fazer de conta que nada vejo, pode ser que eles não notem quando a criança nascer! Pelo sim pelo não, vou agendar férias para a altura do parto, só para não sobrar nada para mim!".

Piadas à parte, é natural acontecerem erros e alguns médicos terem de ir ao médico dos zóios, pois não vêem uma peça das caldas à frente - neste caso, literalmente.

O que importa é que a criança nasça bem e com saúde. No caso do espécime que relatei acima, nasceu de boa saúde e bem, mas ainda hoje têm o condão de torrar os miolos às pessoas. E eu acho que a culpa é do cor-de-rosa! Tenho dito.

Neste desafio participo eu, a Concha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Fátima Bento, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre, a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue, o José da Xã, o João-Afonso Machado e a Marquesa de Marvila.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;)

30 comentários

largar posta na fritura

Pág. 1/2