Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Desafio de escrita dos pássaros #7 | O natural é que está a dar.

25.10.19, Peixe Frito

Eu sei que hoje em dia há cada vez mais tendência a usar compostos naturais, nomeadamente shampoo e amaciador para o cabelo, sabão, desodorizante, cremes para o corpo e cara. Aliás, na verdade isto é apenas uma pequena fracção do pessoal, que os faz ou que é dado às coisas naturais, porque muitos dos restantes, continuam a usar produtos com a promessa de "extractos de pena de fénix do Alasca e de lótus que Buddha usou enquanto meditava" e outros tantos ligam um rabo a isso, querem mesmo é lavar a fronha e esfregar a gadelha, cheirar bem, ficar lavado, e 'tá a andar.

Agora, compota de abóbora e amêndoa? Com o açúcar que têm uma compota de abóbora e amêndoa, imagino que uma pessoa iria era aumentar exponencialmente de peso, sem saber porquê! Olhem só a nutrição capilar com tanto açúcar? Se bem que bem mirada a situação, o açúcar esfolia... Por isso talvez seja indicado para quem têm uma peruca farfalhuda e contra-indicado a carecas. E a amêndoa? Bem, a amêndoa... coiso. Dá assim ali uma propriedade tal e coiso e tal, estão a ver? Uma adição mega importante na compota. Essa compota nem seria compota nem tinha direito a tal nome de compota, sem a amêndoa. Tenho dito!

Porém, o uso da dita compota - palavra fofa né? compota compota compota - têm uma situação mega positiva, se usarem a compota como máscara capilar: se tiverem a meio do banho e tiverem traça, sempre podem ratar um bocadinho. Tenham é cuidado onde guardam as cream crackers ou as tostinhas, pois com a água, ficam meio papa. Ainda noutra vertente, se tiverem um hot shower com a vossa cara metade, uma compota de abóbora e amêndoa ali à mão, dá sempre jeito para uma marotice.

Hum, e que tal? Vão aderir ao uso da compota de abóbora e amêndoa como máscara capilar ou nem por isso?

13 comentários

largar posta na fritura