Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

É daquelas cenas, que se põem a jeito.

19.03.21, Peixe Frito

A mente criativa da criatura, não se foca apenas na escrita, no desenho, na parvoeira mas também estende os seus tentáculos maléficos, para a cozinha. Com isto, tenho fama de conhecer coisas invulgares e de, naturalmente, os meus cozinhados terem sempre algo que uma pessoa dita normal, não têm na dispensa - orelhas de peixe, bigodes de aranha, patas de lesma, essas coisas exóticas.

Hoje diz um colega:

- Peixa! Eh pá ontem vi uma cena, que pensei logo que tu devias saber o que era!!

- Ui... Aí vêm cena!!!

- Deixa aqui procurar e já te mostro o que é!

Quem me conhece, sabe perfeitamente quanto a casa gasta. Digo eu e um outro colega ao mesmo tempo:

- Posso dizer aquilo que me apetece, inventar porque, como ele não sabe, posso inventar uma cena qualquer e ele acredita!

Até era algo relativamente soft, para que saibam. Mas o bicho das trevas bem que pensou em pregar uma partida, ó se pensou!! 

largar posta:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.