Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Eu e o dia de S. Valentim.

14.02.19, Peixe Frito

Não, não me vou por para aqui a falar mal do dia de S. Valentim, o quanto acho que o amor deve ser celebrado todos os dias, que os miminhos se devem dar espontaneamente e sem data estipulada pelo comércio e o quanto este dia ainda acaba por gerar pressão social e apontares de dedo - embora alguns imaginários - aos solteiros e a quem de facto aprecia estar só e que ter alguém do lado, não é prioridade na sua vida - "Blasfémia!! Com a tua idade já devias era ter dado o nó, ter um filho e estar a caminho do segundo, uma moradia no campo e viver um relacionamento perfeito com a tua cara metade. Ganha mazé juízo!!" Assim dita ainda a maioria da sociedade. Pois bem, meus queridos amores, meus leitores, este tema dá pano para mangas mas como disse, não me vou por aqui a largar postas de pescada. Festejem o dia de S. Valentim do modo como mais vos apráz, muita felicidade e amor - que lamechas - na vossa vida, é o que vos desejo.

Quanto a mim, enquanto o gps do meu príncipe encantado não estiver bem regularizado e com o update feito dos mapas e estradas, provavelmente ainda está a aprender a ler os mapas de papel ou não têm rede no telemóvel, este ano esta sou eu, na companhia de uma boa companhia - sim porque nós nunca estamos verdadeiramente sós, não é? Nos valham os germes, as bactérias, os vírus, os amigos imaginários...:

1-HAX150614-5c47e0e79179a__880.jpg

E como o dia de S. Valentim, não pode passar sem uma boa música de amor, aqui vos deixo a que escolho para hoje, com direito a um videoclip mega sexy - o qual eu confesso, se fosse eu a gravar, não aguentava.

Feliz dia de S. Valentim 

11 comentários

largar posta na fritura