Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

It's a kind of magic!

21.05.20, Peixe Frito

Collants. Sim, collants. Nem vou abordar o tema das malhas, que vocês já sabem as artes que eu consigo fazer nos collants que até só de olhar para eles, criam malhas - olhar matador.

Imaginem, estar de saia, belo do pernão à mostra, cruzar a perna e... e... está um cabelo dentro do collant! Dentro! tsc tsc Só pensei «Bem Peixa, mais vale deixares o cabelão ao pé do joelho, do que o tentares tirar e lixares as meias todas». E assim foi. É que além do cabelo ser enorme, estar a fazer ondinhas e desenhos pitorescos parecendo um esboço de uma pintura rupestre e não dar nada nas vistas, ainda estava em um sítio de facílimo acesso, que nem tentando pôr a mão por dentro, lá chegava.

Eu ainda gostava de saber, mas que raio de mal fiz eu ao Deus dos collants de vidro, para este me fazer sempre alguma. Está sempre a inventar uma nova.

Um cabelo! Dentro... dos collants... de vidro! A sério?!

No comments.

16 comentários

largar posta na fritura