Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Magoei.

26.02.19, Peixe Frito

images.jpg

Na fila do supermercado, observo que a senhora depois de mim, têm um braço encolhido. Ela começa a por as compras em cima do tapete e vai a Peixa:

- Precisa de ajuda?

E a senhora ficou estática a olhar para mim. Eu espreitei e percebi que ela somente tinha o braço encolhido porque tinha uma mega carteira debaixo da sovacada.

- Oh... desculpe! Pensei que tinha o braço ao peito!

- Não... é o meu "neném" - disse a senhora a rir, depois de largar uma gargalhada.

- Olhe pronto... deixe lá - fiquei assim meio encavacada com o encanamento.

Primeiro ponto: Ao menos não lhe chamei gorda, como uma pessoa que conheço fez com toda a mestria.

Segundo ponto: Uma pessoa já não pode ser amável, que fica tudo na fila das caixas a olhar, a ver que se passa, feitos cuscos, sempre a torcerem secretamente para que aquilo dê barracada e punhada.

Terceiro ponto: E obrigado pela intenção, não? Olha porra, está ali uma gaja a ser simpática e nem um "obrigada" ouve e ainda fica encavacada. Não que o faça pelo mérito, mas que ficava bem à senhora, eu ouvir "obrigada" depois de um dia de trabalho a pensar que vou fazer quando sair, de me estar a apetecer ir para casa não fazer uma peça das caldas e ainda ter de ir à compras, no fim me ter esquecido do leite nem sei como, caía bem. Esta gente sem tacto e insensível... tsc tsc Depois admiram-se que os bons samaritanos estejam em vias de extinção, pudera! 

largar posta:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.