Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Mais cedo ou mais tarde... vais acabar por roer com eles na mesma.

30.06.17, Peixe Frito

   Penso que todos nós, padecemos desta situação, frente a algo que gostamos muito.

Falo da mania de aquando estou a colocar os cereais com pedaços de chocolate ou de amêndoa e nozes, na bela da tigela, e vou dando uns jeitinhos de surra ao frasco, meticulasamente estudados, com a perícia de um porquinho a chafurdar na lama, para cairem mais pedacinhos de chocolate do que o cereal normal. Resulta que é um mimo. Olho para a tigela com chocolate salpicado com cereais e os olhos até brilham (coro de vozes celestiais). A questão está, que a mistura que vai ficando de sobra no frasco é cada vez mais mistura de cereais com cereais... E o dia em que vou ter de comer cereais mais cereais, há-de chegar. E quando esse dia chega, é verem o meu ar irresignado, qual criança a ser obrigada a comer ervilhas, que andou meticulosamente a separar para não comer, quando a refeição é jardineira de carne.

A verdade é que devia aprender. Prometo solenemente que não irei fazer o mesmo da próxima vez. Mas não... na próxima revoada, all again.

Vou arder no inferno, com cereais a perseguirem-me :P

largar posta:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.