Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Não há cú que aguente, caraças!

14.12.18, Peixe Frito

Solicitam-me um trabalho, que terá de ser enviado para uma morada, neste caso, "Onde Judas Perdeu As Botas".

E-mail de confirmação recebido com a morada, ao qual respondo que o trabalho irá ser remetido para a "Onde Judas Perdeu As Botas" (como a própria morada o confirmava). Entre reuniões, recebo recado de colega a informar que essa outra pessoa que solicitou o envio para a "Onde Judas Perdeu As Botas", me ligou e deixou recado que afinal não era "Onde Judas Perdeu As Botas" mas sim para "Onde Judas Perdeu As Peúgas".

Okay, tranquilo. Vou ao e-mail e vejo lá um alerta:

- Peixa, atenção! É "Onde Judas Perdeu As Botas" e não "Onde Judas Perdeu As Botas"!

Wtf moment. Pausa. Respirar fundo. Olha porra!! Afinal em que ficamos? Ajuda imenso me dizerem na mesma frase que é uma coisa e a seguir que não é essa coisa. Caso típico de bi polaridade nonsense, tipo os ursos polares.

polar-bear-is-bipolar_o_851471.jpg

Volto a contactar com a pessoa e ela confirma que é "Onde Judas Perdeu As Botas".

Como dá para observar, isto foi só porque coiso. Desde o início que a informação está correcta e fica mais que provado que quando alguém têm um "tilt", dá nisto ou então que se esqueceu de tomar as gotas nesse dia. Parece uma situação em que a cabeça pensa uma coisa mas a boca diz outra. Isto aconteceu-me quando eu era pequena. Era uma vez uma pequena Peixa, que não conseguia dizer a palavra "gafanhoto". Sempre que a proferia, saía "faganhoto" e a pequena criatura frustava-se porque na sua cabeça pensava "gafanhoto" mas depois da boca saía "faganhoto" - pronto, está visto que tenho o "chip" queimado desde a infância - Felizmente ela cresceu, essa situação ficou no passado - Hakuna Matata - e hoje em dia, ela adora comer Areias de Cascais e Queijadas de Sintra - travesseiros de Sintra nem por isso, queijadas.

Estão a querer dar cabo do resto da sanidade que ainda tenho, de certeza. Que Deus me dê paciência e um paninho para a embrulhar, tenho dito.

8 comentários

largar posta na fritura