Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ninguém merece.

12.11.18, Peixe Frito

«Peixa amiga, amor da vida, tens de começar a mexer mais as escamas, que se passas o inverno assalapada, vai ser um problema para as cruzes», reflectia eu, este fim-de-semana, no aconchego do lar «Amanhã à tarde, (re)começa a rotinaaaa!!» - fazer exercício para mim, só ao fim da tarde.

Dia a seguir, picar o ponto no aquário mor e aí, é que foi a morte do artista... Pai Adamastor, vindo de uma terrinha do interior, levanta um saco e diz-me:

- Peixa filha, trouxe isto para dividirmos por todos - e começa a sacar das coisas... chouriços... queijinhos de ovelha secos... toucinho... torresmos... 

Morri - ressuscitei a seguir porque ninguém resiste a uns torresmos caseiros - Ainda bem que no dia anterior pensei em me (re)começar a mexer, senão com estas comidinhas light todas e mesmo não tenho grandes tendências a engordar como se não houvesse amanhã, ah não sei não!

Acham que disse que não, ah e tal Pai Adamastor, essas merdas coisas boas engordam, fiquem lá com a minha metade, além de que eu já sou mais vegetariana que outra coisa... está bem, está. Vim carregadinha e ainda com pão saloio cortadinho à fatia a acompanhar. 

Também mereço viver  O exercício? Hoje também é dia.

12 comentários

largar posta na fritura