Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Será que não posso estar um momento sossegada sem nada estranho a acontecer?

24.05.19, Peixe Frito

Estar a falar com uma pessoa e vejo uma coisinha assiiiim piquirritichinha, a descer à frente dos meus olhos e a parar. "Possa, estou a ver mal? Que é isto? Que raio?!". Abano a cabeça e aquilo continua ali, bailando mesmo na minha fuça. 

É uma romela? É uma pestana? É um animal de grande porte lá muito longe, tão longe que parece uma fomiga? Muitas questões ressoaram a minha alma, naquelas fracções de segundo. Passo a mão a enxotar o que é que era aquela coisa e lá consigo entender que afinal se passa! Era uma amostra de aranha, pendurada na minha franja! Na maior das rambóias, à descarada! - ALERTA! ALERTA! Piada à cromo: ou então era o spider nhanha a usar o fato do homem fumiga!! ba-tum-tum-tsss!! De génio Peixa, de génio. Deixa-me só ir ali esconder a cabeça num buraco bem profundo, e já aí venho -  Pois é, pois é. Sinal de alarme! Das duas três, ou as aranhas me andam a espiar ou então as aranhas que habitam a minha cabeça, estão a começar a dar de fuga, que já devem ter ouvido o soar da trompetes do fim dos tempos em cuecas e decidiram abandonar o barco, pois o titanic embateu num iceberg. Malandras, as tipas! Mas é assim? Andar à boleia em pirucas alheias? Sabe lá Deus que mais anda à boleia nas nossas cabeças, e nós sem sabermos  Cada animal selvagem!! Estamos em perigo constante e sem noção do quanto a nossa vida poderá estar em risco. Ah pois é!

Se querem que vos diga, antes aranhas que piolhos. Nossa! Manda vir aranhas que andem à boleia e deixem lá a piolheira para outras bandas que não a minha!!

20 comentários

largar posta na fritura