Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Só a mim.

21.09.21, Peixe Frito

Qual a probabilidade de, uma pessoa andar na sua vida, às compras, de cabeça enfiada na lista e a observar os produtos, analisando exaustivamente qual o melhor a adquirir e, pára uma senhora com uma criança ao lado. "Ah okay Peixa, é MEGA improvável isso acontecer, até porque o que não faltam é pirralhos por aí, às compras com as mãezinhas". Esperem. Não se exaltem. Take it easy, babe. Ora então, como costume, eu senti pessoas ao meu lado e olhei. Olho para a mãe e vi um balão entre nós, logo olhei para baixo e vi uma criancinha agarrada a um balão. Trocamos olhares por momentos e eis que, ela me estende o bracinho para me dar o balão.

"wtf" moment. Eu a olhar para a criança e a criança a olhar para mim. Eu a pensar "Que raio" e a criança devia estar a pensar "olha, é para hoje, sim?".

Devia de estar com um ar deprimido talvez e a menina achou que eu iria ficar feliz com um balão ou então Peixa, cut the crap, e a miúda estava mesmo era farta de andar ali agarrada ao balãozinho como se tivesse em uma procissão e viu ali uma oportunidade de se desfazer dele e nem pensou duas vezes - excluo a hipótese de algo maléfico pois o balão não era vermelho, okay? Se assim fosse, acho que o tinha rebentado na hora, com a brida com que fugia 

Mas assim ficámos. Eu desconfiada de uma criança que me oferece um balão e ela lá foi, puxada pela mãe, a olhar para mim e o balãozito a acompanhá-la.

Quando digo que a minha vida dava um filme com as coisas que me acontecem, podem crer que é verdade. 

14 comentários

largar posta na fritura