Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Só não percebe quem não quer

15.02.16, Peixe Frito

   - Pagas a bebida, mas não pagas o que bebes.

   Ora aqui está uma explicação simples, concreta e directa, que dá direito a uns sobrolhos franzidos, momentos de silêncio e a exclamações esclarecidas como: "Hein?!" "Essa agora não apanhei!", depois de ser proferida, sem sequer se ter pensado primeiro naquilo que se estava a dizer. Interessante foi, perante tais expressões de criaturas baralhadas e confusas, tentando descortinar tal quebra-cabeças, quem o proferiu ainda deu o benefício da dúvida, parando uns instantes com o seu discurso, reflectindo em tais palavras e, chegando à conclusão que estava mesmo a ser claro no que dizia, voltou a repetir veemente com fervor, tal frase codificada, altamente fora do contexto. 

   Para mim, honestamente, no dicionário deviam de excluir a definição de "self service" ou de "bar aberto" - se existir algum dicionário que tenha este tipo de expressões - e começar a utilizar esta. Parece-me mais elucidativa.

   Na realidade, faz-me lembrar algumas das frases ou pesquisas de génio, que o motor de busca yahoo costuma ter - hei-de abordar este tema com mais profundidade - as quais até metem medo ao susto e enchem qualquer alminha de arrepios-de-vergonha-alheia.

   

largar posta:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.