Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Não há dúvida que criança pequena é um deleite nos seus raciocínios.

18.10.18, Peixe Frito
 A observar as árvores no quintal, nas imediações de onde as formigas são umas porcas: - Já se notam as folhas amarelas e murchas nas árvores. Até parecem tristes, as árvores. Não tarda cai a folha. Prontamente, mete-se na conversa a cú rabinho pequeno: - Onde tia Peixa? Onde está a árvore triste? - É aquela ali vês - apontando em frente - depois desta (...)

Traumas de Infância

18.10.11, Peixe Frito
   Dizerem que se engolisse os caroços da laranja ou as sementes da melancia, que me crescia uma árvore na barriga. E que se engolisse uma pastilha elástica, que quando fosse à casa-de-banho, fazia balõezinhos (não sei até que ponto isto mete medo à criançada, mas pronto!).

Andam a treinar para o Carnaval...!

05.02.10, Peixe Frito
   Então não é que aqui a miss vai a passar por debaixo de umas árvores (eucaliptos para ser mais exacta, ou ecalitros como dizem os alentejanos - ó Ruim e Los Compadrez sem ofensas hein!!), e oiço assim um estrondo. «Olha o catano... Não me digam que passei por cima de alguma coisa, ou alguma pedra fez ricochete no carro». Não... foram mesmo as árvores que, com o vento (digo eu, cá para mim foi de propósito), deixaram cair o "fruto". Logo por azar, precisamente (...)