Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Podcast | E depois não como couves-de-bruxelas, armada em esquisita.

27.11.18, Peixe Frito
Tenho o hábito, de ter um copo com água, na cabeceira da cama, desde sempre. Bem, começou pela preguiça de me levantar a meio da noite para ir beber água - sou daquelas que acorda de repente com uma sede tremenda, capaz de secar todos os lagos, lagoas e poças do mundo, tragando tudo o que é água até cair para o lado - de modo que acordar de manhã com a boca a parecer uma lixa seca, língua encarquilhada e sininho enroladinho, não dá lá muita jeiteira. É assim, convenhamos... (...)

Já são muitos anos a virar "frangos".

17.05.18, Peixe Frito
Não faz parte da formatação da série do meu exemplar humano, passar por um animal de patinhas para o ar, sem se conseguir virar e eu ignorar ou até pisá-lo, passando como se não fosse nada comigo. Frequentemente, tenho paciência daqui à casa do coiso das Caldas, para estar a ajudar um bicho de conta a virar-se, que decidiu espreguiçar-se no meio das escadas. E haja paciência! Aquilo só filmando: ele abre a cuscar... e eu com um pauzinho tento virá-lo gentilmente e devagar, (...)

Dúvidas Existênciais

25.05.15, Peixe Frito
Há uns largos tempos atrás, estava eu pacificamente e ouvi um estrondo, a lâmpada fundiu e cheirou a queimado. - Maaauuu Maria - refilei logo. Sondei e verifiquei que foi nada mais nada menos... um bicharoco que fez curto circuito... dentro da lâmpada. Até olhei duas vezes, fui buscar uns óculos graduados e uma lupa com um conta fios por debaixo, só para ter a certeza que estes belos olhinhos de peixa estavam a observar um bicharoco grande (constatei isto sem a lupa, okay?) que (...)