Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

É... meia volta é arroz queimado.

frito e escorrido por Peixe Frito, 04.07.22

Pelos vistos tive uma posta em destaque e nem sequer soube 

Agradecida à equipa do sapo, pelo destaque  Foi mesmo uma história maravilhosa a ser destacada, pois é importante partilhar determinadas situações para que arrepios-de-vergonha-alheia sejam diminuídos e que a malta aprenda com as cromices dos outros e não se ponham em certos preparos.

E estou viva, para quem ande aí a pensar que fui para outros mares! 

Alerta à sociedade (depois não digam que não aviso, aquando há perigo eminente)

frito e escorrido por Peixe Frito, 19.04.22

Não sei se é do vento, se do vento ou do vento ou da poeira que anda no vento ou se é do vento que faz os pássaros pensarem duas vezes antes de levantarem vôo pelas suas asinhas, ficando todos desgovernados a parecerem um avião sem controles e a cair a pique se se atreverem a esticar as asas no dia de hoje aqui por estas bandas - até as ovelhas devem estar de lã esticada até aos casquinhos, hoje nada de caracóis no cabelo ou pêlo da malta, venta tanto mas tanto que tudo fica liso como o esparguete, adeus permanentes à piruca, olhem dias destes nos 80's quando as permanentes estavam na moda, belo bico de obra que seria - ou se é o vento que até faz os caracóis andarem a alta velocidade, concorrendo com o Faísca McQueen, sendo uns verdadeiros Usain Bolt de casa às costas - até a ranhoca seca dada a jarda - dignos de irem para o autódromo para um tracking day caracoleiro, ou se simplesmente é porque é assim, as coisas são como são, é o que é, olhem há que aceitar o que não podemos mudar nem à base de medicação e gotas: 

Os podcasts vão voltar aqui à fritadeira. Sim, além de lerem, vão poder ouvir-me a narrar o post. Se o vosso dia já estava fantástico, ainda ficou mais maravilhoso, eu sei. Ainda fiquei naquela se haveria de dizer aos leitores a situação mas decidi correr o risco de vocês sofrerem enfartes ou crises de ansiedade, pela novidade aqui descrita.

Talvez vai ter um dia fixo. Talvez seja somente um por semana. Provavelmente será mais curto do que os rolos de papel higiénico que costumo debitar. Tentarei da melhor maneira que as minhas legendas funcionem, se houver algum conflito entre o som da minha voz e a cera dos vossos ouvidos. Não se esqueçam de instalar codecs de vídeo, para que consigam ter as legendas a funcionar, de modo a me ouvirem perfeitamente.

O tema? Só Deus sabe. Estamos mesmo entregues aos bichos, é um facto.

Aceito opiniões, críticas, sugestões, desde que todas venham acompanhadas por um chocolatinho ou uma goma. Todas as expressões que não cumpram os requisitos, serão automaticamente ignoradas. É factor eliminatório. A quem cumprir, a direcção não garante que a vossa opinião seja de facto levada em conta. Mas isso não invalida que não o façam, tenham apenas em atenção que chocolate com avelã comam-no vocês, bem como nutella e coisas do género, porém tuli creme é aceitável. Posto isto, é isto.

Até breve.

Ao menos valeu para alguma coisa.

frito e escorrido por Peixe Frito, 11.03.22

Sem-Título-1.jpg

Em destaque! 

Fico sempre sem saber o que dizer nestas situações, porque fico sempre grata por destacarem aqui a fritadeira e as aventuras da minha vida monótona. Queria dizer que agradecia às bananas, fazer disto uma menção honrosa pós descasque e aplicação das mesmas, resultando naquilo que se sabe, mas ficamos aqui em um 50/50 pronto. Pelo desempenho das mesmas e pela ideia brilhante que me passou pela cabeça.

Posto isto, grata a todos os leitores e, obviamente, à equipa do sapo, pelo destaque.

Agradecida  E aprendam comigo, que eu não duro para sempre... é o que tenho a acrescentar.

E... codrelhice em destaque!

frito e escorrido por Peixe Frito, 19.01.22

Sem-Título-1.jpg

Agradecida à equipa do sapo, pelo destaque!! É sempre importante falar de espécies ameaçadas 

E, by the way: está propositadamente escrito assim. Não é gafe!

Assim a queimar os últimos cartuchos...

frito e escorrido por Peixe Frito, 30.12.21

...a fritadeira está em destaque!

Sem-Título-1.jpg

Mais uma vez, agradeço à equipa do sapo blogs pelo destaque, a todos os meus leitores e também a quem é ninja e cá vêm espreitar os posts, mas que sai de fininho sem deixar pegada.

E aproveito para desejar a todos um excelente 2022! Que nos continuemos a encontrar por estas bandas blogosferianas, que se tornou uma segunda casa  Muita inspiração e escrita da boa, para todos 

E quando a lagarta pensou que o mundo tinha acabado: virou borboleta.

frito e escorrido por Peixe Frito, 29.12.21

Não há dúvida nenhuma, de que é uma frase cheia de significado e digna de constar como legenda em selfies tiradas pela malta, a olhar para o infinito e mais além, se armando em pensadores - diria que é uma pérola que ficaria linda nos powerpoints que a malta enviava nos anos 90 e início de 2000, mas corro o risco de que muita gente nem sequer saiba ao que me refiro, pelo que agarro na viola e meto-a no saco - fazendo assim qualquer cromo ser apreciado por quem vê a manobra de self marketing bela fotografia e pose descontraída, suspirar a pensar que a pessoa é mesmo muito à frente, culta e interessante, apesar de tirarem selfies na casa-de-banho ou no ginásio em tronco nú - nada contra nem a favor, cada um sabe de si, se bem que podiam evitar a enxurrada das mesmas, que às vezes mais parece que andam a fazer propaganda ao six pack ou ao rabo do que outra coisa, negligenciando que mostrar cérebro é igualmente sexy - e estarem com ar de quem supostamente está distraído e que foi apanhado de surpresa para a foto, mas #sóquenão.

Isto tudo para dizer que se estão à espera de um post mega eloquente, recheado de coisas lindas e belas, que a cada palavra nasce uma borboleta na intrínseca floresta da Amazónia, tirem o cavalinho da chuva. Hoje por aqui é mesmo espremer e sair ar, limpar o vidro para olhar para a rua e estar nevoeiro, esticar o cabelo e apanhar chuva, fazendo com que o mesmo fique mais ondulado e encrespado, do que o mar na Boca do Inferno.

Basicamente, é isto. O ano a acabar e eu a constatar o mundo que vivi, praticamente sem sair do mesmo sítio - pronto, fui fazer chichi algumas vezes, à cozinha petiscar alguma coisa e pôr os trapos a lavar, mostrar a água ao corpinho de vez a vez, não estive sempre sempre no mesmo sítio, quase sempre.

Achamos que a vida não mudou quase porcaria nenhuma, aquando fazemos o balanço do ano inteiro. Mas mudou. E muito. Somente nos adaptamos a cada estiba do mar contra o nosso casco, a cada reparação das velas dado o vento forte que às vezes sopra. E isso não significa que as terras às quais chegámos, às tempestades que sobrevivemos e as mudanças que a tripulação têm sofrido, não demonstre o quanto vivemos, embora na maioria dos dias, tenhamos humildemente sobrevivido a cada um deles sem nos apercebermos.

Desejo a todos os amigos e leitores um novo ano cheio de conquistas, com muitos mares agitados - pois mar calmo nunca fez bom marinheiro - mas que saibam sempre levar a embarcação a bom porto e ter a mão no leme, na direcção do que almejam - okay okay, já parei com as metáforas e analogias marítimas - Surfem muito nas ondas da vida e que colham muitos frutos do mar, ao longo do ano - não têm obrigatoriamente que ser marisco e coisas assim, também é aceitável uns chocolatinhos belgas, umas alguinhas ou areia da praia nas cuecas.

Um bom ano! Que continuemos por aqui a lermo-nos uns aos outros, que a inspiração se mantenha e a musa não se divorcie de nós, que a escrita flua e as nossas amizades se cimentem 

Por que mares ando eu a navegar | Blogs que sigo

frito e escorrido por Peixe Frito, 16.12.21

Sem Título-1.jpg

Aqui está um dos mais recentes espacinhos que sigo! No All in one, o Carlos Palmito escreve textos maravilhosos, onde é praticamente impossível ficarmos indiferentes. Faz sonhar, pensar, viajar nas suas palavras. Escrita límpida e franca, é sem dúvida um espacinho que quem gosta de escrita, vai adorar! Ide cuscar e façam follow e deleitem-se com os textos do Carlos.

 

P.S.: Carlos, espero não me ter enganado no nome do teu spot  Se sim, corrige-me s.f.f.!!

Por que mares ando eu a navegar | Blogs que sigo

frito e escorrido por Peixe Frito, 14.12.21

Sem-Título-1.jpg

Como não poderia deixar de ser, alguma vez iria passar este desafio de destacar (alguns) os blogs que sigo, sem referenciar o Hetero Doméstico? Mas é que nem pensar!! Seria uma blasfémia! Na verdade, não há muito a dizer  Se há alguém que têm o condão de encontrar notícias esquisitóides, é mesmo o HD. Passando pelo seu sentido de humor fantásticamente piadético que eu adoro, que manda sempre uma dica nada de surra, ao "relatar" as notícias com que nos presenteia, é sem dúvida nenhuma um espaço informativo que sem o qual, a nossa vida teria um enorme vazio sobre as coisas que não interessam a ninguém. Curiosos? Nada como lá ir cheirar! E, claro... façam follow!

Por que mares ando eu a navegar | Blogs que sigo

frito e escorrido por Peixe Frito, 09.12.21

v.jpg

Simplesmente assim: Sem fu-fus nem gaitinhas, clean, exactamente como a sua escrita. "O Sítio do Corvo" é o espacinho do querido Corvo, onde nos podemos deleitar com a sua maravilhosa escrita, cuidada, aprumada, que nos faz viajar nas linhas de tempos e de imaginação. Têm por hábito narrar histórias com um "backstage" muito interessante, onde a sua inspiração se banha e fica de molho, resultando em histórias com um cunho fantástico. Eu adoro ler o que o Corvo escreve, honestamente. Com cultura e escrita polida, embrenha-nos no seu imaginário como um gato com um novelo de lã. E não posso deixar de referir a extrema educação, amabilidade e humildade, com que o Corvo se apresenta e trata quem o visita na sua casinha. Só por aí, já é um sítio onde uma pessoa se sente bem vinda e não hesita em regressar.

Recomendo vivamente que vão cuscar, principalmente se gostam de boas histórias! E, claro, façam follow!

Por que mares ando eu a navegar | Blogs que sigo

frito e escorrido por Peixe Frito, 30.11.21

v.jpg

Como poderia eu não destacar a ilustre nobreza aqui da blogosfera? Inevitavelmente, a fava iria calhar ao querido Milorde! Não se enganem ao pensarem que como é um senhor de alto gabarito, que têm a mania que os chatos andam de avião ou que se arma ao cardo, achando que tudo é povo e que ele é que é o maravilhoso do pedaço! O Milorde têm um sentido de humor maravilhoso sim, e uma escrita cativante, que nos faz nos armarmos nas alcoviteiras das aldeias, pois não ficamos indiferentes aos seus relatos do que se passa em Barbalimpa.

Recomendo altamente que vão conhecer o espaço do Milorde, mas atenção: nada de aparecer assim à papo seco, pois o Milorde gosta de receber os convidados como deve de ser. Com sorte, ainda bebem um cházinho maravilhoso, que ele tão bem sabe oferecer às visitas.

Vão cuscar! Não se vão arrepender! E claro... façam follow