Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Há coisas do dêmo.

24.10.18, Peixe Frito
  De manhã, conto sete queques de leite no pamparuére. Tiro um pois a tampa não fecha. Chego ao trabalho, pouso os tarecos, vou ali e acolá. Chega a hora de dar ao serrote: cinco queques no pamparuére. E ninguém esteve no gabinete. Das duas, três: ou os queques ganharam pernas ou o pamparuére têm um portal de teletransporte e o queque foi para as Maldivas ou o Casper gosta de queques e limpou-me o pó a um. Já virei tudo do avesso e não o encontro. Nem migalha nem semente de papoila. (...)

O Gasparzinho anda armado em atrevido, anda anda.

04.07.18, Peixe Frito
Estar uma pessoa descansada na casa-de-banho e, por artes mágicas, o trinco desliza e a porta abre, precisamente quando se está sentado na poltrona. Depois é ginasticar a tentar fechar a porta, quase fazendo poses de yoga avançado, literalmente com as calças ou cuequinha na mão, não vá alguém passar naquele momento ou entrar e ver uma pessoa naqueles preparos, de rabo ao léu, apanhada de surpresa. É sempre agradável... not.  Já nem na poltrona se pode estar descansado, (...)