Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Dá-me um irreal, um imaginário… dá-me um irreal!

09.01.19, Peixe Frito
Já vi muitas coisas na vida. Muitas mesmo. Mas às vezes, ainda me deparo com coisas tão básicas que me faz crer se de facto aquilo é verdade ou ilusão minha (surrealizar por aííííí, populaaaar!). Então, existem pessoas que têm ajudas de custo no seu emprego, entre elas os ditos km's. E para ser mais elucidativa e não irreal e imaginária, as ajudas de custo com km's constam nos km's que a pessoa faz a ir visitar clientes ou reuniões e até em suposta prospecção de terreno (...)

Entrou em modo de stand by.

05.12.18, Peixe Frito
Estarem duas criaturas na sala, prontas para verem um dos seus programas de tv de eleição. Mantinha, no sofá a postos e uma das criaturas com o comando na mão, vai de vasculhar as gravações. Menu, favoritos, tal e coisa, programa do dia anterior, selecciona-se, prestes a dar o "okay" e... passam uns segundos e nada acontece. E passam, e passam... tic tac tic tac... A outra criatura olha e o outro ser adormeceu agarrado ao comando, apontado para a tv. - Bem que eu posso esperar! Aqui (...)

Para descontrair...!

20.11.18, Peixe Frito
Este vêm com brinde! Com tanto sítio para se esconderem, o raio dos gatos adoram mesmo é desafiar as leis da matéria e enfiam-se em tudo o que é sítio. Naturalmente depois há outro tipo de artistas, mestres do disfarce... Este é especialmente eficaz: Não sou uma cat person, mas se há coisa que me faz rir a bandeiras despregadas, não há dúvida que é a cromice felina.

Ao menos que tivesse boa pontaria.

13.11.18, Peixe Frito
Uma criatura ver uma mosquita a voar à sua volta... daquelas mosquitas pequeninas, que nem se chamam moscas são "mo" de tão piriris que são. Que faz a pessoa? Decide soprar para afastar o animal, tal e qual o lobo mau a soprar à palhota dos três porquinhos. Que aconteceu? Soprou e, multi funções como é, soltou um perdigoto ao mesmo tempo. Azar do caraças que além de não ter afastado a mo como queria, ainda babou a secretária onde trabalha. Zarolhos... que se há-de-fazer. (...)

São só Duques e figuras tristes.

09.08.18, Peixe Frito
Estar numa loja de desporto e deparar-me com um homem a passar a mão na zona do tronco numa camisola que um manequim tinha vestida - que por acaso era o CR7 ou uma tentativa de. Ainda não encontrei um que não tivesse cara de whisky, coitado do rapaz, como se não lhe tivesse bastado o busto na sua própria terra natal, ainda há não-sei-quantos manequins espalhados por aí, nada fiéis ao moço - e acabar por ver o mesmo a disfarçar quando o vi a concluir o apalpanço ao passar a mão (...)

Só cromitos.

07.08.18, Peixe Frito
Esquecer-se qual é o apartamento onde se está alojado. Chegar a um andar, de memória se dirigir a aquela porta, pegar na chave, meter na fechadura e a porta não abrir. Upppsss... Deve ser no andar de cima! Pois, de facto era no andar de cima. Sorte que não estava ninguém na casa onde se tentou abrir a porta, senão imagino os arrepios de vergonha alheia que toda a gente ia passar - lá íamos ter de fazer de conta que éramos bifes, apelando assim à compreensão alheia, para a (...)

Pareço um disco riscado...

04.08.18, Peixe Frito
Todo mas todo o santo ano falo do mesmo e ao que parece, este não será diferente. Ora alguém me explique como se eu fosse loira por dentro, porquê - mas porquê?! - que há alminhas que quando chegam à praia, que até se encontra meio vazia digamos de passagem, e decidem largar toda a tranqueira praticamente em cima de outras pessoas, acabando por fazer as mesmas se desviarem do sítio onde estavam, só pelo quanto se sentem incomodadas. Uma coisa é certa, não seria eu que iria (...)

Olha a perna boaaa...

10.05.18, Peixe Frito
...ou o alicate, para ser mais precisa.  Quem se lembra de vestir saias, com um enorme vento a soprar na rua? Eu, pois está claro. Santa teimosia a minha que se é aquilo que me apetece vestir, assim o faço. E no que resulta isso? Numas belas figurinhas. Vêm com cada rabanada de vento, que muitas são as vezes que me apanha distraída e me faz um espectáculo digno de Marilyn Monroe... Com direito a cuecal à vista e tudo. Como já são muitos anos a virar frangos e a mostrar a cueca (...)

E quando alguém nos diz estas barbaridades...?

29.03.18, Peixe Frito
- Eu imprimo isto e não sai à escala! - Tens de fazer simplesmente "imprimir", sem mexer em mais nada. - Mas eu mando imprimir e fica do tamanho do A4! O ficheiro está errado!! - Não, que eu já imprimi desse ficheiro e saiu bem. Faz só "imprimir". - Não dá, não dá!! Não dá!!! Não tenho paciência para estas incompetências!! Imprime-se o bichano e dá-se à criatura. - Imprimiste? Não foi do mesmo ficheiro!! - Foi. É só fazeres "imprimir" sem mexeres em mais nada. - Pois (...)

Adoro estas especificações.

08.02.18, Peixe Frito
- Bom dia. Um galão e pão só com manteiga de um lado, sff.   Está como o outro da sandes mista sem queijo. Não há dúvida, que atender ao público pode ser deveras complicado e que requer uma alta capacidade de compreensão destas específicações em formato de código. Já não existe o simples pedido de "pão com manteiga". Ou o pão é não-sei-quê ou é a manteiga que é não-sei-que-mais ou então é sei-lá-eu que coiso e tal, que és jovem.

Sempre a aprender.

22.11.16, Peixe Frito
  - Ninguém quer a esquina do ananás?   - Esquina?... Mas o ananás têm esquinas?   Bem... hoje em dia já existem melancias quadradas, correcto? Será que o ananás agora é triangular? Porém, ainda me pergunto que raio é a esquina do ananás. Se alguém souber, por favor prestem um serviço à sociedade, e esclareçam esta minha dúvida existencial.

Só não percebe quem não quer

15.02.16, Peixe Frito
   - Pagas a bebida, mas não pagas o que bebes.    Ora aqui está uma explicação simples, concreta e directa, que dá direito a uns sobrolhos franzidos, momentos de silêncio e a exclamações esclarecidas como: "Hein?!" "Essa agora não apanhei!", depois de ser proferida, sem sequer se ter pensado primeiro naquilo que se estava a dizer. Interessante foi, perante tais expressões de criaturas baralhadas e confusas, tentando descortinar tal quebra-cabeças, quem o proferiu ainda deu (...)

Devia de lhe estar a faltar oxigenação.

22.10.15, Peixe Frito
  Em pleno Oceanário, no meio daquele ambiente fantástico e envolvente, de água, peixinhos, e de muita gente a rezar para que aquelas paredes de vidro não rebentem, ouve-se o grunhir de uma criatura:   - Olha, mas tu já vistes o que era um gajo cair em cima daquelas urtigas?   - Urtigas meu?   - Sim... urtigas. Sei lá... Aquelas coisas!     Ainda hoje estou para perceber ao quê que aquela criatura se estava a referir... principalmente porque vinha da zona das anémonas... (...)