Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Não haviam dedos de mãos nem de pés que chegassem!

29.11.21, Peixe Frito
Se contasse as vezes em que comento alguma coisa em posts de blogs amigos - considero amigos aqueles que visito com frequência e há interacção entre mim e o blogger, seja no seu blog ou no meu, porque eu nem sempre comento apesar de ir botar a oftálmica e cheirar como param as modas - cujas dissertações podem levar a pessoa a crer que ela fala de alhos e eu de gomas - confirmando assim o que muitos poderão pensar, que a Peixa é "cuu-cuu cuu-cuu", tolinha da piruca - e que aquilo (...)

Até senti o vento a embalar suavemente, os meus caracóis d'oiro pela atmosfera.

26.11.21, Peixe Frito
- Peixa, não leve a mal, mas eu quando a vi sem máscara, nem a reconheci! - Ora senhor Zé Mané, normal!! O que a máscara faz. Em alguns casos, até abona! - Ah... Mas realmente... a máscara tira a beleza às pessoas! E fiquei a pensar que era um possível elogio bem como que tenho de ver se ando com ar de olhos de peixe fora de água ou que raio. Talvez o verdinho ande mais com pinta de pântano do que de alguinha fresca e airosa. Escrever reclamação ao fabricante, que assim (...)

Acho que o caso não é dor de protuberâncias do crânio... digo eu.

25.11.21, Peixe Frito
Em dias de frio, chuva e vento forte ou moderado advindo das terras altas ou baixas ou de estatura média, ouvir o vizinho a desfrutar de um belo fado, enquanto solda peças. Ninguém fica indiferente ao fado que o fado nos transmite. Nem eu, que não ouço por hábito. Só me faz pensar que as soldas hoje estão extra inspiradas ou que o trabalho é mesmo um grande pincel. Que isto está para fazer chorar as pedras da calçada. (*sons de martelada*) Ao menos, expurga os demónios 

Gabo-lhe a coragem.

15.11.21, Peixe Frito
A observar a cú rabinho pequeno, com um cabelo de bradar aos céus, toda esgadelhada, até o Einstein estava lambidinho pelas vacas, ao lado dela: - Olha lá... mas tu hoje penteaste-te? A sorrir para mim: Não, tia Peixa. -  Então...? - Não tive tempo de me pentear, sabes!!! A sério, gabo-lhe a coragem de sair assim à rua. O Beetlejuice iria ficar verde de inveja daqueles preparos cabelísticos. O quanto não vale ser criança, ser descontraída e o que lhe importa é se sentir (...)

No fundo, não está mal dizido. Até têm razão.

05.11.21, Peixe Frito
Eu e a cú Rabinho Pequeno, com ela a ver todas as cores das canetas, pois decidiu ir fazer um desenho: - Olha tia Peixa, já viste? Quatro castanhos!! - Pois é! Diz-me lá, qual desses castanhos é o castanho que tu achas que é a cor da mousse de chocolate? Observa... e escolhe um: Este! - Sim... Muito bem. E da mousse de caramelo? - Hummm... este! - Muito bem! - Sabes tia Peixa... estas cores também podem ser todas cores de cócó!! - diz-me ela a mostrar-me as canetas todas na (...)

Espero que isto não se pegue, senão estou desgraçada.

04.11.21, Peixe Frito
Ligar para um serviço de apoio a requisitar determinada situação: - Bom dia, fala a Peixa não-sei-quê, em que posso ser útil? - Boa dia Peixa, queria uma cena assim coiso e tal, estás a ver que és jovem? - Sim sim, diga-me por favor, como se chama? - Olhe, Peixa também! - e soltei uma gargalhada e a senhora a escrever e a falar ao mesmo tempo "Peixa... Também..." e calou-se. Depois riu-se. "Ah! Peixa, também!" Exacto senhora. "Também" não é o meu apelido... Mas porque (...)

Uma pessoa até fica sem saber o que dizer.

14.10.21, Peixe Frito
- Isto, o fim-de-semana, não é para ficar a dormir! É para se levantar cedo, porque amanhã, segunda-feira, já se levanta por obrigação e não porque quer! Há que tratar a mente também! (*sinal com o dedo a apontar para a cabeça*) Por isso é fazer um planinho, levantar cedo e ir passear. Porque as folgas são para se viver! E eu a pensar para mim, "porra e eu que passo a semana a mil à hora, quando chega o fim-de-semana quero mesmo é levantar com as galinhas invés de estar um (...)

Mania irritante, parece os putos.

23.09.21, Peixe Frito
Ouvir as pessoas dizerem: "coalho", "joalho", "sobrançalha" e eu dar logo ênfase ao: "coelho", "joelho", "sobrancelha", com tom à tiá, armada em corrector humano. O outro ainda dá para desactivar, agora eu... só desactivo em modo de "pernas", quando vocês dão corda às vossas e se distanciam de mim, que caso contrário, nada feito. Terrível... eu digo igualmente mal mas adoro arreliar os outros. Depois queixo-me de não ter amigos - mentira!! Tenho muitos! Os imaginários são (...)

Mistérios da vida. Nem o Fox Mulder e a Scully desvendam isto.

16.09.21, Peixe Frito
Como é possível se ter um torcicolo, sem se fazer nada? Nem foi ginásio, nem sofá, nem cama, nem pesos, nem compras, nem acartar miúdos ao colo, nem limpar, nem esfregar o chão, nem ir à pesca, nem lançamento do disco, nem trepar árvores, nem plantar batatas, nem a entrar em um carro, nem a tentar ligar a torre do pc, nem a abrir uma embalagem de batatas fritas, nem na luta com o frasco de cornichons (embora ele ganhe claramente aos pontos), nem a bater um tapete, nem a roer uma (...)

Até a comida não é bem aquilo que parece, hoje em dia.

30.06.21, Peixe Frito
- Eu não tenho assim hábito de beber álcool, só de vez em quando! Socialmente falando e às vezes ao fim-de-semana, quando a comida é assim mais incorporada, gosto de beber um vinhinho. Só sei que se me calhasse a mim comida incorporada, certamente que iria mas era chamar um exorcista para fazer um exorcismo - qual beber um vinhinho! - não fosse a mesma estar possuída por um demónio maluco qualquer, que me iria fazer azia e cuspir labaredas pelo rabo. Nem a comida é de (...)

É com cada esquema, que só visto.

29.01.21, Peixe Frito
Uma pessoa pesa-se na balança e observa os digitos. Entretanto, vai fazer um chichi e depois volta a pesar-se. Escusado será dizer que não afectou minimamente a pesagem, a não ser que a moça tivesse a bexiga de um elefante - onde efectivamente a esvaziando e causando tsunamis nos esgotos, a diferença era sentida pela balança e pelas tartarugas ninja. Vale sempre a pena a tentativa de enganar a balança, mas a tipa é de olhão e não vai em cantigas com essa facilidade.

A sacana é danada.

26.01.21, Peixe Frito
Uma pessoa está à espera que a musa apareça, dê o ar da sua graça, a fim de se inspirar quer para escrever quer para desenhar. Se eu tivesse de apostar o que a minha anda a pintar, seria ela assim como a protagonista principal deste videoclip do Michael Jackson. "Your Butt Is Mine Gonna Take You Right Just Show Your Face In Broad Daylight I'm Telling You On How I Feel Gonna Hurt Your Mind Don't Shoot To Kill Come On, Come On, Lay It On Me All Right I'm Giving You On Count Of Three (...)

Aquilo é que foi excesso de velocidade e com toda a certeza, iam na red line.

18.02.20, Peixe Frito
Passou algo na janela com tamanha jarda, levada pelo vento ou a aproveitar o vento forte que se faz sentir hoje, que eu nem percebi se era dois pássaros ou dois galhos a voarem. Somente percebi dois traços alongados a passarem a rasgar pano, como se fossem ao início dos saldos, comprar aqueles cuecos pelos quais andam a sonhar há que tempos e que ficam tão bem com as leggings tigresa e os chinelos de unicórnios. Pássaros supersónicos, era o que era, porque galhos... não voam assim. (...)

Esta é para reflectir.

18.02.20, Peixe Frito
Frase sábia que ouvi nos entretantos, que partilho convosco, porque pronto... faz-nos bem reflectir de vez em quando nas coisas, invés de só nas origens da vida e do Universo e de que se as batatas estão há tempo suficiente no óleo e já fritaram: - Estava a lutar contra a vida. Sim, parece algo muito eloquente, mas só que não. A pessoa queria mesmo era dizer que tal criatura estava a definhar, a lutar contra a morte. Embora, há quem lute contra a vida, sim - pronto Peixa, já (...)