Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

E quando pensamos que o dia está a correr bem e nada de estranho aconteceu ainda, eis que...

15.01.19, Peixe Frito
... vejo um pavão a atravessar a estrada, num meio urbano e sem parques ou o que seja, nas redondezas. Afinal, eu a pensar que eram somente as galinhas que queriam atravessar a estrada, no fundo, deve ser algo que está no gene das aves. E agora pergunto... Mas porque raio, o céu é azul? Ah, ups, pergunta errada. Reformulo: Mas porque raio o pavão atravessou a estrada? É destas dúvidas existênciais que a minha mente se enche, inquieta e das quais ainda não obtive resposta. Quem (...)

Decididamente, sou vítima de violência (electro)doméstica.

13.11.18, Peixe Frito
Entre muita tara, mania, pancada e coisa estranha que o ser humano alberga no seu ser e ADN, há uma treta que todos passamos de geração em geração e eu ainda nem percebi bem qual o intuito... talvez algum dos leitores me saiba esclarecer. Do que falo? Das turras. Para que servem, pá? Para impormos respeito aos peluches e aos nenucos, quando estes andam armados ao cardo? Para caçar bolachinhas à cabeçada? Para dar uma turra à mesa porque não se chega ao biberon com o leitinho, a (...)

Eu e os meus atrofios de reflexões existênciais, provenientes de falta de sol e de férias.

26.07.18, Peixe Frito
Já percebi tudo! Nunca tinha parado para pensar que o meu cabelo pudesse sofrer de alguma intolerância alimentar. É de frisar que têm alguma tendência a ganhar imenso volume e a ficar um ninho de ratos, a estar lisinho e bem penteadinho e segundos mais tarde já está uma parte ondulada, outra esticada e caracol na ponta e a franja a apontar para norte e para sul tudo na mesma mecha de cabelo, fora outras pancadas que ele me têm abençoado ao longo destes anos. Fez-se luz de tal (...)

Deves ter muito a ver com isso, deves!

04.09.12, Peixe Frito
   No outro dia, assisti a um feito fantástico. Estava eu descansada da minha vida e observo um pássaro a andar, descontraídamente, na rua. Bica aqui, bica ali, esgravata, escarafuncha, coça-se... Rica vida. Eis que, o raio do pássaro que não deve de saber para que servem as asas, decidiu atravessar a estrada. De que me lembrei eu...? Ora pois aí está...    - Ei...! Ó montinho de penas com patinhas, porque vais atravessar a estrada?    Silêncio. Pois é... O passarito que (...)

Dúvidas Existênciais (24)

10.08.12, Peixe Frito
  Lampeda ou lâmpada...?   Raios me partam como me irrita quando oiço dizer lampeda. É isso e espilrro.   Porquê? Não sei. As lampedas devem me ter assombrado noutra vida passada ou terem-me assustado ou traumatizada enquanto era uma inocente, mimosa, fofinha, angelical peixinha piquinina. Às tantas, levei com uma no alto da pinha. Hum... Isso explicava muita coisa, agora debruçando-me sobre esse assunto...     Explica o excesso de parvalheira e ideias idiotas que esta (...)

Quem mais chora menos mija...

12.03.12, Peixe Frito
 ... Sempre disse o meu paizinho Adamastor, com a sua infindável e consoladora sabedoria. Ainda neste fim-de-semana me lembrei solenemente deste ditado, principalmente depois de ter andado a substituir a água do aquário por cerveja. "Qual é a ligação?", pensam vocês. Pois bem meus caros, sabe bem quem bebe uma cerveja, o efeito diurético que aquela bebida produz nas alminhas que a consomem. "Continuo sem perceber que têm o rabo a ver com as calças...". À conclusão que esta (...)

Que ingenuidade...

24.11.11, Peixe Frito
   Desabafa o Piolho lá do aquário:    - Mas porque é que as meninas não se p#idam?!    Perante esta pergunta fervosa, assim com um pouco de indignação na voz do Piolho, responde a Peixa muito calmamente, com a sua sabedoria infindável:     - Isso dizes tu, que elas não se p#idam. Mandam daqueles de pantufas, que nem dás conta!     - Que são das piores. São as que cheiram bem mal! - complementa a minha frase mágica, o pai da criatura das dúvidas existênciais.     (...)

Dá que pensar...

17.12.09, Peixe Frito
   Ao comprar lenha para a lareira, não é o equivalente a queimar dinheiro? É que estamos a comprar algo que sabemos que é para arder... e conscientes disso! E nem nos ralamos!! A única utilidade é aquecer-nos um pouco, coisa que um cobertor pode fazer igualmente e é reutilizável! Ah, e a botija-de-água quente.    Sim eu sei, é fantástico ver a lenha a crepitar, o calor abrasador que sai da lareira... A atmosfera romântica que surge do nada... O que uma lareira consegue (...)

Dúvidas Existênciais (21)

16.11.09, Peixe Frito
         Pois bem, eu adoro comer marisco. Delicio-me a comer uns belos camarões, uns berbigões, mexilhões, ameijoas, perceves... lapas! Tudo o que vem, morre. Eis que, um dia qualquer em que estava na praia, neste verão, me dei conta da quantidade de pulgas-do-mar que existem! Desconfio que até trouxe umas de boleia para casa, as sacanas, que saltaram para a minha trufa e eu nem notei. Mas adiante! A dúvida latente que permanece na minha cabeça desde então, é porque é (...)

Coisas que não me entram na tola

02.10.09, Peixe Frito
     Digam-me a utilidade de uma tinta para a casa, com aroma a maçã.  Hum?     Bem, até serve como ambientador, só que se uma pessoa frequentar aquela divisão com alguma frequência, corre é o risco de apanhar overdose:     - Uau men, esta tinta fica fantástica na tua sala... (começa a ver aqueles padrões hippies)     - Ya, tipo... assim bués da brilhante não é? (este já vê a ondular e a fazer espirais e o pino)     - Parece que nos está a chamar... (chega (...)

A curiosidade matou o gato!!

24.08.09, Peixe Frito
   Já que estamos numa de curiosidades hoje, deixo aqui mais umas que encontrei aí pela net:    - Ficar solteiro pode encurtar a vida de um homem em dez anos - ahah Esta é boa!!    - Pessoas canhotas vivem menos que as pessoas destras  - E esta bizarra... Chegam a cada conclusão da batata!    - Um caracol pode dormir durante três anos? - ?! Também, para o que ele faz na vida...    - Se espirrar com muita força pode partir uma costela - ahahaha Esta faz-me lembrar duas (...)

Epifânias...!

09.07.09, Peixe Frito
   Ora digam-me:    Se há pessoas que não comem animais, porque é desumano, e que se cingem aos vegetais, apesar de comerem ovos e alimentos como lacticínios e derivados; Existem outros que só comem verduras; E existem outros que acreditam que as plantas têm alma...     Se de facto for provado que as plantas têm alma, que vão as pessoas comer? Sim, que torna-se desumano descascar uma cenoura e ralá-la, ou até mesmo fazer uma salada de alface e tomate! Só beber água não (...)