Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Eu pensei que estávamos sempre era na companhia de Deus, mas é bom saber na mesma...

12.02.19, Peixe Frito
...que temos uma alarvidade de germes, bactérias e outros seres minúsculos, a todo o momento em nós, quer por dentro, quer por fora. Da próxima vez que alguém me observar "Hey Peixa, estás a falar sozinha?" eu irei responder "Não, estou a falar com os meus germes, posso?". Já viram bem, as pazadas de criaturas que sabem dos nossos segredos mais íntimos? Como o comermos chocolate às escondidas, andarmos a baldar na dieta e deitarmos tarde porque estivemos a ver televisão? Temos (...)

Alguém está com ar de quem foi apanhado...

17.01.19, Peixe Frito
- Mas que estás tu a fazer, passarito? Hum...? - errmm... Eu?? Nada, nada... Apenas estava aqui a... (cof cof) apanhar sol e... coçar-me e (ermm...) a ver os pássaros a voar... não? Eh pá, estão a chamar-me ali, espera aí que já aí venho. Mais uma vez, já vi muita coisa, agora pássaros a montarem armadilhas é que nunca pensei ver com estes olhos que a terra há-de comer (ou não, quiçá). Que estaria ele a pensar apanhar por aquelas bandas?... Gambuzinos, certamente. A vida (...)

Divagações de uma sexta-feira fresquinha: para o que me havia de dar e logo para a cueca!

26.10.18, Peixe Frito
Há pouco tempo, inserida numa conversa, uma amiga diz-me: - Os cabelos da cabeça. Bem, cabelos é na cabeça, correcto? - cab-elos. Senão era bracêlos... sovaquêlos... pernêlos... rabelos... ah esperem, existem os rabelos mas são barcos, nada a ver com a cena, infeliz coincidência - Na realidade, tudo é pêlo, uns mais compridos e outros mais curtos, mas agora imagino o que era ter os ditos cabelos noutras zonas do corpo... Bem, na verdade, não está assim tão longe desse (...)

Está morto e ainda ninguém lhe disse nada...!

20.03.13, Peixe Frito
  Todo o santo dia tenho vivido uma experiência paranormal. Sim, que isto de falar pelo msn sem o mesmo existir mais, é um género de falar através do além.   Já me sinto habilitada para dar consultas como médium. O único problema nesta coisada toda, é que falo com pessoas vivas... Será que alguém vai notar este pequeno pormenor, quando me perguntarem qual a minha experiência como médium?    (Silêncio. tu...tu...tu... O número para o qual ligou não está disponível. (...)

O síndrome da bigodaça.

12.06.12, Peixe Frito
      Após uma desgastante e persuasiva pesquisa de mercado, onde algumas pessoas tiveram de fugir como se não houvesse amanhã e outras viram que não tinham outro remédio senão contribuir, na vã esperança que eu desaparecesse, cheguei à conclusão do impacto que uma bigodaça, farfalhuda a parecer um piaçaba ou enroladinho que nem um caracol de pastelaria, pode ter numa (...)

Coitadinhas das traças...

08.05.12, Peixe Frito
   Ouvi dizer que "a cor comeu o cortinado".    É a crise. Até a cor já anda em total desespero e a fincar o dente aos cortinados. Deve ser um bocadinho indigesto... Mesmo assim, que danada. Então anda-me a comer o cortinado? Não podia comer outra coisa qualquer? Sei lá... algo útil, como uma camisa hawaiana, um fato de treino de cores fluorescentes ou uma fotografia do Humberto Bernardo.    Sol, vê lá se apareces para comeres a cor, porque senão, pelo andar da carruagem, (...)

Nota-se perfeitamente o bom resultado que estão a ter.

30.04.12, Peixe Frito
  Ando a tomar uns comprimidios naturais. Nada de anormal, somente a quantidade de água que já é bem menor que a habitual, mas é assim, há que poupar, não posso andar sempre a beber cinco litros de água por um comprimidio de 5 mm de diâmetro com a crise que aí anda. Estes comprimidios são mesmo bons, fazem com que não me babe tanto, com que não tire macaquinhos-do-sótão durante o tempo que estou parada no trânsito, nem sequer que tenha crises de parvalheira aguda. Mas nem (...)

Apanhados com as "calças na mão"!

17.04.12, Peixe Frito
   Efectivamente, qualquer sítio serve para um devaneio. Costuma dizer-se que "olha, foi à casa-de-banho e veio de lá com uma ideia nova", e eu não podia estar mais de acordo. Não propriamente porque vou para a poltrona tentar inspirar-me em caso de bloqueio - mental meus caros, mental, sim que a musa às vezes decide ir para a copofonia invés de um simples café e nunca mais aparece - mas porque com alguma frequência, mais do que a desejada, dou por mim a ter devaneios.   (...)

Wild thing... (raaaaaaaaawwwww...!!!)

13.04.12, Peixe Frito
  Há mulheres que são muito cuidadosas com a sua imagem e, naturalmente, outras nem por isso. É como tudo. Por exemplo, há mulheres que todo o santo dia se têm de encher de base e quilos de maquilhagem, que não saem de casa sem ser de sapatos de salto alto, com o seu cabelo ultra penteadinho, e eu há muitos dias que nem sequer me maquilho, não gosto de usar base pois fico a parecer a bela adormecida, o meu cabelo olhem deixem lá que é encaracolado, sempre fico com um ar wild ou não

Estou em devaneio total

09.04.12, Peixe Frito
  Este fim-de-semana observei atentamente as pessoas que me rodeavam. Encontrei criaturas do mais incrível que existe - que pensava que apenas existiam no meu imaginário, em filmes como o "Never Ending Story" ou em programas como "A casa dos Segredos", mas afinal não. Desde me ter equivocado e ter pensado que estava a ver algum membro dos LMFAO tal era a vestimenta - contive-me a tempo porque ia pedindo um autógrafo - a ver personagens que tinham um decote maior que o caraças, (...)

Que coisa pá!

27.03.12, Peixe Frito
  Há pessoas com o péssimo hábito de aplicarem a palavra "borda" ou "bordas" a tudo. É a borda do tabuleiro, a borda da mesa, a borda da televisão, a borda do material, as bordas da imagem, a borda da janela, a borda disto, a borda daquilo...    Sabem que mais? Olhem borda da borda pá.

Que Deus me salve a alma, que o corpo já foi!

19.10.11, Peixe Frito
   Que raio de mania que tenho, de que cada vez que encontro um cabelo na roupa (meu convém frisar), o pego pela pontinha, e vai de o balançar, assim tipo mola?     Há quem tenha fetiches com cabelos, é certo, mas não, não é o meu caso. Puro e simplesmente, a humidade outonal que já se faz sentir no ar (e nos ninhos-de-ratos), começa a mostrar sinais do ar da sua graça nos efeitos colaterais que se evidenciam nesta cabecinha, nomeadamente, fazer da própria juba que deu (...)

Confesso-me...!

06.09.11, Peixe Frito
  Se há coisa que eu tento não fazer é... Abrir um figo antes de o comer. Garanto-vos que na maioria das vezes em que o faço, a probabilidade de o comer reduz drásticamente. E "porquê", perguntam vocês? É que se quiserem comer carneiros, nada melhor do que um figo, que são uma mina deles. Eu não desgosto de carneiros... Mas assado no forno com batatinhas a acompanhar, não daquelas criaturas "pseudo-aladas"!    Acho que ando com um trauma com carneiros da fruta... cheira-me!

Vai assustar mas é o caraças pá!

04.08.11, Peixe Frito
   Se há coisa que me acontece raramente, é mesmo o fenómeno de soluçar. Felizmente, diga-se de passagem, que eu sempre detestei que me assustassem quando soluçava, o que me fazia soluçar ainda mais, irritada pelos soluços e pelo cagaço… tiravam-me anos de vida! Ficava com os cabelos em pé durante uns bons tempos e tinha de usar uns óculos especiais como o Ciclope, por (...)

Post mórbido...!!

03.08.11, Peixe Frito
    Aquando a Avelã foi dar um passeio ao Jardim das Tabuletas, pensei que era um desperdício enterrá-la: Com a crise que está, podia fazer uma sopinha de tartaruga. Mas depois lá pensei melhor, que fazer uma sopa de uma tartaruga com uns míseros 65 mm de comprido, só devia de render uma ou duas malguitas beeem pequenitas de caldo... e isso não dá para nada, sem ser (...)