Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Estou a um passo de ser a tia solteirona que vive com a casa cheia de gatos - mas sem gatos - e nem dei conta da situação.

11.06.19, Peixe Frito
- Tia Peixa, quando crescer quero ser como tu ou como o pai. - Como eu ou como o pai? Assim como? Alta? Grande? - vontade de complementar com "parvos" e "com pancada na cabeça sem precisar de apanhar sol a torrar os miolos". - Assim... como tu. - Pronto, okay - fiquei na mesma, para ser honesta. - Como tu... mas com bebés! - ... Não sei se hei-de ficar elogiada ou se coiso. Maneira amável de me sentir encalhada  As crianças e as suas cenas, não é verdade? Qualquer dia, os meus (...)

Sabe sempre bem ouvir elogios destes.

23.05.19, Peixe Frito
Fazer um remédio herbal, pedido por uma criatura para dar à sua criatura mais jovem. Uns tempos após essa situação se ter dado, naturalmente que quis saber o feedback: - Então, como correu com o remédio para a tosse? - Como correu? Queres mesmo saber? - Sim... (medoooo) - Na primeira colherada, a criança exclamou: «Mãe! Isto é pior do que a morte!!!" -  É bom saber estas reacções. Da próxima ponho laxante, para ele ver o que é bom para a tosse

Os elogios já não são o que eram.

02.10.18, Peixe Frito
- Então? Há algum azar? - Não... porquê? - É que vêm vestida de preto. - Eu gosto de me vestir de preto, de vez em quando. - Pois, assim tipo a Maga Patalógica! - Er... Madame Min já me tinham chamado por causa do volume do cabelo encaracolado no inverno, agora Patalógica... - É isso é! Hoje está vestida a Patalógica! E pronto... Vou só ali ver se a água do caldeirão já está quente, para juntar as patas de aranha, bigodes de rato, unhas de gato e asas de morcego, para a (...)