Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Com amigos destes... vai lá vai.

28.05.20, Peixe Frito
Petiscada em casa de amiga: - Miga, não queres pôr uma toalha sobre esta protecção da mesa? - Não! Vocês sujam a toalha toda e eu não estou para estar a lavar toalhas! Não me apetece!! - responde ela, a refilar em altas. - Olha agora - digo eu - estás a chamar-nos badalhocos? Obrigada pela parte que me toca!! E assim ficámos. Até que, após um tempo a darmos nas fuças aos caracóis e uns copos de lambrusco, reparo no lado dela da mesa. Ao que parece, houve para ali uma cena (...)

It's a kind of magic!

21.05.20, Peixe Frito
Collants. Sim, collants. Nem vou abordar o tema das malhas, que vocês já sabem as artes que eu consigo fazer nos collants que até só de olhar para eles, criam malhas - olhar matador. Imaginem, estar de saia, belo do pernão à mostra, cruzar a perna e... e... está um cabelo dentro do collant! Dentro! tsc tsc Só pensei «Bem Peixa, mais vale deixares o cabelão ao pé do joelho, do que o tentares tirar e lixares as meias todas». E assim foi. É que além do cabelo ser enorme, estar (...)

A minha vida dava um filme, só com estas cenices.

08.05.20, Peixe Frito
Ora digam lá, se não é motivador, dia após dia, depois de lavarem uma catrefa de loiça - não sei se vos acontece mas a minha procria. Se as bichas estão no lava-loiças juntinhas e empilhadas, num abrir e piscar de olhos, já está o mesmo a tostes. Parecem coelhos a procriar, mas adiante - no exacto momento em que tiram um belo cozinhado do forno, lindo, tostado, apetecível, cheiroso, quando acabam de se espreguiçar no sofá ou até quando vão ao frigorífico tirar três um (...)

Crianças... por vezes, um verdadeiro potencial para o encanamento alheio.

08.05.20, Peixe Frito
A tomar banhinho, a ser dado pelo seu pai, cú Rabinho Pequeno espanta-se ao o seu pai correr com ela da banheira. Segundo a criança, que o pai foi rápido a dar-lhe banhinho. - Ah mas a mãe demora mais tempo. - Pois, mas isso é com a mãe. Comigo é sempre a andar não é para estar a molengar na banheira. - Pois pai, mas a mãe diz que és tu que demoras a tomar banho. - Ah sou eu? - Sim. Mas olha, sabes porque é que a mãe demora mais tempo a tomar banho? Porque ela é mais (...)

Alguém anda com altas connections, porque pontaria assim... Cheira-me a esturro!

06.04.20, Peixe Frito
Sabem que as videochamadas andam na moda. E é natural, pois andamos todos - ou quase todos, que há umas arvéolas que não respeitam certas directrizes mas deixamos essa situação à velho do Restelo em banho maria nos entantos - confinados aos nossos lares e há que amansar as saudades e o convívio de quem nos toca ao coração, através de vermos as fuças uns dos outros... uns despenteados, uns de pijama, outros de robe, outros de cabelo a parecer um microfone e outros com pêlos do (...)

Nos valha a inocência das crianças.

06.04.20, Peixe Frito
- Tia Peixa - diz a cú rabinho pequeno via videochamada, com um terrível apito amarelo ao pescoço que, mal o vi, me benzi logo, pois se há coisa boa para dar às crianças, é precisamente um apito - Vamos brincar ao jogo do Apita o Pito? - Ao quem? - Ao Jogo do Apita o Pito!! Devo dizer que não obtive nenhum manual de regras nem explanação conclusiva, espremendo sumo nada saiu, de como se joga este jogo. De título sugestivo, afinal o que é o Pito e apitar... porquê? Que anda (...)

Cada um têm a sua maneira de se explicar... ou não é verdade?

13.03.20, Peixe Frito
Devo de ir ser apedrejada virtualmente por gajedos, mas who cares. Já sei que vou arder nos infernos mesmo. Em comunhão com amigos do coração e respectivas crias, alguém se atrasa. - A Maria Manuela está atrasada. Mas olha, veio de umas terapias e diz que está meio sensível, para termos paciência com ela. Diz um rapazote: - Mãe, mãe, que quer dizer que ela está sensível? - Olha filho - diz má frénd - quer dizer que ela está assim... olha... como hei-de explicar... E eis que (...)

It's aliiiiiiive!!

13.03.20, Peixe Frito
Yep. Ainda existo. Não sofri nenhuma intervenção estética c'má galinha, fiquem descansados. Nada melhor que "voltar" a espalhar o terror pela blogosfera, do que a uma sexta-feira 13. Será sorte, será azar, será porque coiso e tal e não-sei-que-mais? Fica a dúvida existêncial no ar. Mas que ela voltou, ah lá isso voltou.

Malandragem a alto nível.

05.03.20, Peixe Frito
Ora, um colega faz anos. Como costume, paga-se o café ao resto da malta porém, como o café é financiado pelo pessoal e se têm "conta aberta", vai-se acumulando e de x em x tempo, vai-se abatendo o valor da conta, pagando. Até aqui, nada demais. Pois, exacto. Tirando o factor de que a personagem fez anos, "ofereceu" café à malta, para pouco tempo depois, se demitir da empresa, saindo de fininho sem dizer nada ao resto do pessoal, deixando a conta do café por pagar. Se isto não (...)

Aquilo é que foi excesso de velocidade e com toda a certeza, iam na red line.

18.02.20, Peixe Frito
Passou algo na janela com tamanha jarda, levada pelo vento ou a aproveitar o vento forte que se faz sentir hoje, que eu nem percebi se era dois pássaros ou dois galhos a voarem. Somente percebi dois traços alongados a passarem a rasgar pano, como se fossem ao início dos saldos, comprar aqueles cuecos pelos quais andam a sonhar há que tempos e que ficam tão bem com as leggings tigresa e os chinelos de unicórnios. Pássaros supersónicos, era o que era, porque galhos... não voam assim. (...)

Esta é para reflectir.

18.02.20, Peixe Frito
Frase sábia que ouvi nos entretantos, que partilho convosco, porque pronto... faz-nos bem reflectir de vez em quando nas coisas, invés de só nas origens da vida e do Universo e de que se as batatas estão há tempo suficiente no óleo e já fritaram: - Estava a lutar contra a vida. Sim, parece algo muito eloquente, mas só que não. A pessoa queria mesmo era dizer que tal criatura estava a definhar, a lutar contra a morte. Embora, há quem lute contra a vida, sim - pronto Peixa, já (...)

Isto é que era vontade.

17.02.20, Peixe Frito
Ligar logo ao início do dia de trabalho a uma colega, dar dois dedos de alinhavar de situação de trabalho e ela se despedir com: - Então, bom fim-de-semana Peixa! Bom fim-de-semana às 9:20 da manhã? Isto é que é speedar. E não, ela não ia sair mais cedo nem nada dessas tretas, nem eu. Isto sou só eu a sugar coating a situação, que ela estava mesmo era de lume no cú para ir festejar o dia dos namorados com a carcaça dela e não a planear não falar mais comigo durante (...)

Ao menos não contaram como itens extra.

12.02.20, Peixe Frito
Raramente faço lista de compras. Mas raramente mesmo! Tenho-me fiado na minha memória de peixe e, salvo raras excepções, não é habitual chegar a casa e ver que me esqueci de algo ou comprei algo a mais que não precisava - falo em termos de consumismo, porque já me aconteceu meter na cabeça que não havia detergente para a loiça e quando fui para arrumar na dispensa... estava lá um novo em folha, que até brilhava e reluzia para mim. Nestes mais recentes tempos, até tenho feito (...)

O que vale é que eu não sou cagufas, senão guinchava logo e raspava-me dali para fora em três tempos.

12.02.20, Peixe Frito
Não há nada como chegar ao posto de trabalho, ligar as luzes, pousar os tarecos e, aquando vamos ligar o pc, ouvimos a porta da casa-de-banho a abrir sozinha, tal e qual o som de uma porta em um filme de terror a abrir. Das duas três... ou é alguma aranha a passear ou algum bicho lira que decidiu ir fazer um chichi logo de manhã ou até, uma visita de algum defunto largado na sanita. A (...)

De vez em quando, também me toca a mim.

10.02.20, Peixe Frito
Imaginem, que voltei a pôr um casaco a lavar com um lenço de papel no bolso... roupa escura... e a secar na máquina! Felizmente, desta vez a vida deu abébia. Não havia nada estraçalhado pela máquina e o raio do papel estava quase intacto, dentro do bolso. Era de esperar que tivesse tido mais atenção ao meter a roupa na máquina, mas verdade seja dita, até tive. De modo que imaginem a minha cor, quando meti a mão no bolso do casaco e senti um lenço mais espalmado do que um (...)

Mais um espasmo. Desta vez... ligeiro.

05.02.20, Peixe Frito
Sou só eu - provavelmente, nem preciso escrever mais - que quando estou a ver uma série ou um filme e uma das personagem têm o meu nome, eu fico a escrutiná-la que nem um falcão observá-la para ver se temos algo em comum? Não encontrei muitas, mas as que encontrei... Vai lá vai. Nossa senhora da agrela que apareceu e... não é a ovelhinha, mas é amarela. E como se pode observar, nenhuma têm a ver com a outra mas, curiosidade das curiosidades, seja pontaria do nome ou não, (...)