Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

E é nisto que dá, estar em um meio de animais selvagens.

frito e escorrido por Peixe Frito, 28.01.20

Uma pessoa já não pode estar sossegada, nem na ida à casa-de-banho. Ora imaginem que estão aflitos, vão ao belo do chichi e, se alguns forem como eu, em casas-de-banho mistas, je ne pas senté el nalguedo no tampo da sanita, mesmo que o tenha ensopado em desinfectante, logo estou sempre a fazer umas belas de umas figuras. Mas quem se importa com isso? Ninguém. Pois ninguém nos vai ver, certo? Errado. Querias... Estava eu ali a fazer poses de yoga a agarrar nas saias e a treinar as coxas num agachamento, e reparo em uma sombra na parede... O perfeito círculo de onde outrora existira um tubo e agora é somente buraco aberto na parede, no topo da casa-de-banho, que serve para que não nos intoxiquemos uns aos outros com as bombas atómicas e mesmo assim há umas tão potentes que mesmo de porta aberta, quem lá vai depois, têm de praticar apneia, sai de lá enjoado e a desejar pela morte misericordiosa e amaldiçoando o facto de não ter problemas olfactivos a casa-de-banho arejar, tinha um mirone! Sim, um raio de um mirone!! Então não estava lá uma lagartixa a espreitar para dentro da casa-de-banho, a ver o que eu estava a fazer? Arre mais a esta bicheza que não sabe os limites da privacidade!!

Ai a malandra! Mas ca ganda latosa!! Óbvio que se raspou quando eu lhe fiz um olhar 31 e ela sentiu o rabo a arder com as faíscas que lhe mandei, mas ainda assim! Uma pessoa sabe lá... podia estar a filmar e depois ir pôr na net! É que nunca fiando.

Incrível. Nem um chichi.. nem um chichi posso fazer. Só a mim.

Tenho de abrir um zoo...

frito e escorrido por Peixe Frito, 09.03.12

  Adoro apanhar sol. Assim, numa pausa que possa de facto fazer, gosto de ir apanhar solinho nas escamas, a ver se afugento o bolor e a ómidade da cabeça. No outro dia, vou eu lampeira tentar apanhar uma réstia de solinho, e oiço restolhar ao pé de mim. Assustei-me pois está claro. Ali mesmo ao pé da minha barbatana... "Ai o caraças pá... que bicheza anda para aqui?" Espreitei e tal, olhei para cima, baixo, lado, até na diagonal (só não espreitei a fazer o pino) e não vi bicheza nenhuma. E não vi nada. Ainda pensei que fosse um rato, mas nada. Deixei-me ficar. Ahhhh que bom este solinhooo... Não tarda, e comecei a sentir-me observada. Olho assim... como quem não quer a coisa... ah-ha!! Pois ééé... Uma senhora dona tixa estava ali à coca!! Ao que parece, a miss também estava ali a apanhar solinhos e assustou-se cá com a Peixa. "Córrore!!! Uma Peixa fora de água!!!", deve ter pensado a tixa quando me viu e até arrancou alcatrão na fuga.

   E ali ficámos. Eu a apanhar sol, e a tixa a controlar-me.

   Vá lá... Até foi razoavelmente pacífico, com a sorte que eu tenho tido com a bicheza. Lá no fundo, eu até gosto de tixas, não sei é se elas partilham da mesma opinião, em relação a mim.