Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Cá para mim já estiveram foi mais longe de irem passear ao Jardim das Tabuletas...!

17.07.11, Peixe Frito
  Penso que não seja uma coisa propriamente positiva, irmos à farmácia e o farmacêutico já nos reconhecer... É nestas alturas que uma pessoa se deve sentir meio estranha, que o farmacêutico nos reconhecendo significa muitas visitas à farmácia, e indirectamente, é sinal que a velhice já cá canta ou que já está à porta, e que o raio da PDI já nos anda a moer o juízo! :)

E ela continua a bater no ceguinho...!

05.11.09, Peixe Frito
   Depois de uma boa noite de sono de beleza (na realidade duas, que já se passaram dois dias desde o mais recente post), cheguei à conclusão do porquê dos nomes dos medicamentos serem todos esquisitóides. Sabem porquê? É um código. Sim, um código. Consoante a gravidade da nossa doença, varia a esquisitice do nome do remédio. Se for um nome que ainda conseguem lembrar-se, boas notícias, vão-se safar. Quando começam a não conseguir proferir o nome e começam somente a (...)