Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Esperem sempre o inesperado.

27.06.17, Peixe Frito
   É bem sabido que eu adoro petizes. Quer seja pela sua vivacidade e inocência, quer seja pela sua capacidade de nos fazer sentir necessidade de escavar um buraco e nos enfiarmos lá dentro ou de simplesmente desejarmos o dom de nos esfumarmos naquele preciso momento, sem deixarmos rasto.   E às vezes proporcionam-nos determinados momentos, os quais nem sabemos bem como reagir... nem o que dizer:   Diz uma criatura tenrinha, nos seus dois anos e não-sei-quantos meses, para a sua (...)