Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Já não basta ser deprimente o suficiente...

03.11.09, Peixe Frito
   ...estar doente, como por si só ter de tomar uma quantidade significativa de medicamentos de x em x horas (sem poder falhar o horário), e só por azar, os horários são sempre uma treta. Quando digo isto, é porque calha-me sempre a situação de ter de acordar de madrugada para tomar a medicação. Não é justo! Então uma pessoa está doente, e não têm uma noite de sono como deve de ser?... Não há condições. Ainda por cima, os medicamentos têm cada nome, que até metem (...)

A tradição já não é o que era!

01.11.09, Peixe Frito
   Estava eu à espera de acordar logo pelas 8:00 da matina, com berros de petizes na rua aos grupinhos, a tocarem às campainhas, a pedirem o mítico "Pão-por-Deus", quando dou por mim a acordar às tantas, e sem ninguém me ter tocado à campainha (não, a minha campainha não dá para desligar... infelizmente que às vezes dava jeito). O mais irónico disto tudo, após anos e anos e anos de me andar a esquivar a abrir a porta aos miúdos (alguns lá me fintavam grrr), após (...)

Histórias horripilantes de Halloween (2)

29.10.09, Peixe Frito
     Esta não é bem de Halloween, mas pronto..       Conta a minha vózinha Peixa-Mor, que lá na santa terrinha dela, lá para trás do sol posto, onde Judas perdeu as botas para ser mais precisa, havia um cemitério. Por coincidência, ao lado do cemitério, haviam terrenos de cultivo de legumes, tais como tomates, favas, batatas, etc. Pois bem, hoje já não se usa muito este tipo de gesto, mas naquela altura (no tempo da Maria Cachucha d.c.), era muito usual as pessoas (...)