Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

E assim, começo a semana... com reflexões destas.

16.09.19, Peixe Frito
Verão: época de praia. Adoro. Estas férias, fui para uma praia que há anos não ia e para meu deleite, não tinha excesso populacional. Porém, o português e o síndrome de sardinha em lata, que mesmo tendo o areal praticamente vazio, gosta é de estar aconchegadinho quase se fundindo com os outros, quilhou-me: além de ter toalhas quase em cima da minha de tal maneira que mal percebia onde começava a minha e acabava a do vizinho, tive pessoas ao lado que até viam se tinha a (...)

Desconfio que só de eu pensar em usá-los, eles sentem e se "desmalham" todos.

10.10.18, Peixe Frito
Declaro aqui a oficialização da abertura da época de uso de collants.   Eita que vão começar as guerras matinais de vestir uma perna direita e a outra enviesada, tendo de tirar os collants e voltar a vestir... Abriu também a época das malhas, buracos nas meias de vidro e a época do verniz andar na mala, não vá alguma malhita se lembrar de fazer alpinismo nas minhas pernas de sereia. Menção honrosa para as meias desirmanadas e para os collants que quando precisamos deles, não (...)

Que Deus me salve a alma, que o corpo já foi!

19.10.11, Peixe Frito
   Que raio de mania que tenho, de que cada vez que encontro um cabelo na roupa (meu convém frisar), o pego pela pontinha, e vai de o balançar, assim tipo mola?     Há quem tenha fetiches com cabelos, é certo, mas não, não é o meu caso. Puro e simplesmente, a humidade outonal que já se faz sentir no ar (e nos ninhos-de-ratos), começa a mostrar sinais do ar da sua graça nos efeitos colaterais que se evidenciam nesta cabecinha, nomeadamente, fazer da própria juba que deu (...)