Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Aquilo é que foi excesso de velocidade e com toda a certeza, iam na red line.

18.02.20, Peixe Frito
Passou algo na janela com tamanha jarda, levada pelo vento ou a aproveitar o vento forte que se faz sentir hoje, que eu nem percebi se era dois pássaros ou dois galhos a voarem. Somente percebi dois traços alongados a passarem a rasgar pano, como se fossem ao início dos saldos, comprar aqueles cuecos pelos quais andam a sonhar há que tempos e que ficam tão bem com as leggings tigresa e os chinelos de unicórnios. Pássaros supersónicos, era o que era, porque galhos... não voam assim. (...)

Quer-se dizer, né? Bem, haja alegria!

23.01.19, Peixe Frito
Uma pessoa a ter de estar fechada em frente ao computador, por instantes olha pela janela, para descomprimir as pestanas e observa um pássaro num ramo, todo contente, aos saltinhos, a fazer efeito mola no ramo fino. Haja felicidade, efectivamente. Pena tenho eu de não ser eu aos saltinhos no ramo. E estava a ver era que o passarito, com a bela da brincadeira, ainda levava era uma verdascada do ramo naquelas fuças, que até ia nas horas do caraças mais velho. E depois olha amigo... (...)

Alguém está com ar de quem foi apanhado...

17.01.19, Peixe Frito
- Mas que estás tu a fazer, passarito? Hum...? - errmm... Eu?? Nada, nada... Apenas estava aqui a... (cof cof) apanhar sol e... coçar-me e (ermm...) a ver os pássaros a voar... não? Eh pá, estão a chamar-me ali, espera aí que já aí venho. Mais uma vez, já vi muita coisa, agora pássaros a montarem armadilhas é que nunca pensei ver com estes olhos que a terra há-de comer (ou não, quiçá). Que estaria ele a pensar apanhar por aquelas bandas?... Gambuzinos, certamente. A vida (...)

Imaginem a noveleira que eu consigo ser, frente a estas situações.

04.01.19, Peixe Frito
Cenário: Fim do dia. Frio que até estala. Tanta ómidade que até a própria ómidade cria ómidade na ómidade. Ouve-se passaritos na rua, que tal e qual relógio suiço, chilream ao fim do dia, a fim de chamarem a malta para o recolher obrigatório. Porém, ontem o chilrear estava mais agitado, por segundo o pássaro deve de ter para ali piado nas horas, quase rebentando - grande capacidade pulmonar do bichano, nem eu conseguia durante um minuto, fazer aquilo. Mas adiante - o que me (...)

Cá para mim, foi este que engoliu o relógio e não o crocodilo do Capitão Gancho.

21.05.18, Peixe Frito
Acaso do destino, me fez ouvir um pardalito a chilrear na árvore mais próxima e olhar para o relógio. Como em tantas outras vezes, me pareceu ver mal as horas e voltei a focar o relógio, com a banda sonora pardalesca de fundo. Então não é que o raio do pardal piava exactamente ao ritmo do ponteiro dos segundos? 1s piu, 2s piu, 3s piu com uma sincronia perfeita. Eu ali a torcer pelo animal "só mais uma, só mais umaaaa" tal e qual numa competição de quem bebe mais uma bejeca. Ao (...)

Deves ter muito a ver com isso, deves!

04.09.12, Peixe Frito
   No outro dia, assisti a um feito fantástico. Estava eu descansada da minha vida e observo um pássaro a andar, descontraídamente, na rua. Bica aqui, bica ali, esgravata, escarafuncha, coça-se... Rica vida. Eis que, o raio do pássaro que não deve de saber para que servem as asas, decidiu atravessar a estrada. De que me lembrei eu...? Ora pois aí está...    - Ei...! Ó montinho de penas com patinhas, porque vais atravessar a estrada?    Silêncio. Pois é... O passarito que (...)

Estou a alucinaaar...! É uma assombração?? Help meee...

25.01.10, Peixe Frito
   Não sei se é um efeito da mistura de aromas do meu incenso a queimar ali dentro, conjuntamente aqui com a minha supé vela de menta, mas começo a achar que a minha casa é assombrada... (búúúú spookyyy...!) Ora, digam-me lá que isto não é estranho: estou a ouvir, há uma boa meia hora, pardalinhos a cantarem. Sabem que horas são? 21 hrs da noite...! Já era hora de os meninos pardalinhos estarem no ninho, sim porque já deu o Vitinho, ah pois é...!! Das duas uma, ou é (...)