Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

O karma é lixado.

05.07.19, Peixe Frito
Num destes dias, o pai Adamastor passou o dia inteiro com uma camisola do avesso. Pasmada fiquei, pois como que raio ele nem deu conta, dado que tinha um bordado na frente da t-shirt e, do avesso, vê-se as linhas e as cenices brancas do bordado. Dia inteiro. Inteiro. A trabalhar e a falar com clientes e nenhuma alminha lhe disse: "Olha lá pá, mas andas com a t-shirt às avessas?" - até compreendo que ninguém tinha tido a coragem de lhe dizer alguma coisa... como ele é, ninguém se atreve. (...)

Ninguém merece.

12.11.18, Peixe Frito
«Peixa amiga, amor da vida, tens de começar a mexer mais as escamas, que se passas o inverno assalapada, vai ser um problema para as cruzes», reflectia eu, este fim-de-semana, no aconchego do lar «Amanhã à tarde, (re)começa a rotinaaaa!!» - fazer exercício para mim, só ao fim da tarde. Dia a seguir, picar o ponto no aquário mor e aí, é que foi a morte do artista... Pai Adamastor, vindo de uma terrinha do interior, levanta um saco e diz-me: - Peixa filha, trouxe isto para (...)

Com comités de boas vindas destes... "Jasus"!

18.05.18, Peixe Frito
Não há nada como chegar a uma casa e ser recebido por um aroma natural, tudo menos agradável e prazeiroso ao nariz: um intenso cheiro a chulé. - Fosga-se mãe, que tufo a chulé! - Ah... Isso é ali o teu pai... Dito isto, espreito pelo arco da entrada e vejo o pai Adamastor, refastelado no sofá, pézinho ao léu, descontraídissimo a ver tv. Reparando que eu estava a olhar para ele, diz-me: - Eu?? Isso é mazé aquele queijo da ilha que está aí na cozinha, que cheira mesmo (...)