Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

E assim, começo a semana... com reflexões destas.

16.09.19, Peixe Frito
Verão: época de praia. Adoro. Estas férias, fui para uma praia que há anos não ia e para meu deleite, não tinha excesso populacional. Porém, o português e o síndrome de sardinha em lata, que mesmo tendo o areal praticamente vazio, gosta é de estar aconchegadinho quase se fundindo com os outros, quilhou-me: além de ter toalhas quase em cima da minha de tal maneira que mal percebia onde começava a minha e acabava a do vizinho, tive pessoas ao lado que até viam se tinha a (...)

Há coisas que me transcendem, tal como o índice da minha nhónhice aguda.

02.10.12, Peixe Frito
  Cada um veste o que quer, pois está claro, é livre de andar de fato-de-treino às riscas com cores berrantes e supé fashion ou de calças de pijama aos bonequinhos, em plena aldeola na hora de "enchente" - num sítio discreto, assim só no centro da dita, onde gente é coisa que não falta.    Agora... Andar vestido de branco, de cabeça aos pés mesmo a parecer um lençolito branco e imaculado, com este tempo manhoso, é algo que padece de coragem. Admiro essas criaturas. E se (...)

Também me toca a mim, pois está claro!

16.04.12, Peixe Frito
      Acontece que aqui a gaja - miss gaja - vulgarmente conhecida por Peixa por estas bandas blogosféricas, possui no seu baú um trench coat similar ao de cima, o qual até gosto bastante de usar. Porém, eu, que sou uma criatura com uma imaginação fértil, que vejo malicia em muita coisa, muita muita coisa, até um simples bater de asas de uma borboleta me suscita (...)

Pareço uma árvore de natal...

14.02.12, Peixe Frito
   ...ou para ser mais fofinho, um artigo para o dia dos namorados, que se há coisa que não lhe falta são cores berrantes.   Pois é, eu que costumo gozar com o pessoal, quando estes não conseguem distinguir uma cor da outra (é muito válida esta minha "zombaria". Quem não consegue distinguir entre roxo e lilás? E entre encarnado e vermelho?), chamando-os carinhosamente de "daltónicos", "vesgos", proferindo lindas frases de incentivo à correcta identificação cromática, como (...)

Olha para aquela!!

06.07.09, Peixe Frito
   Ah pois é. A meu ver, deviam de inventar alguma máquina de lavar roupa, que tivesse um cesto para a roupa suja incorporado, ou então que tivesse uns carris até ao cesto da roupa suja. E porquê? Porque só eu sei as figuras que faço, sempre que ando a acartar a roupa para lavar. O primeiro passo, depois de separar convenientemente as peças conforme tecidos e cores, é fazer um montinho no chão. O segundo passo, é tentar pegar no monte inteiro de uma vez, mesmo que isso (...)

Uma adivinha :D

31.03.09, Peixe Frito
    Imaginem a seguinte situação:    Mau tempo. Não têm máquina de secar roupa. Para a roupa enxugar, é um trabalho dos diabos. Põe a máquina de lavar roupa a lavar a traparia. A máquina acabou de lavar. Até aqui, tudo emocionante, como dá para comprovar. Tiram os trapos da máquina, para dentro do alguidar, mas mantêm-nos junto à porta da máquina, ainda aberta. Por acaso, como são pessoas multifacetadas, estão a arrumar as compras ao mesmo tempo. Eis que, ao mexer no (...)